segunda-feira, 27 de outubro de 2014

O castelo de Porto de Mós

Ontem o passeio foi até Porto de Mós, vila próxima de Leiria, que tem um castelo que remonta ao tempo da conquista pelo nosso primeiro rei (1148) com a ajuda de D. Fuas Roupinho, seu primeiro alcaide, tendo sido beneficiado no tempo de D. Sancho I.

A viver aqui tão perto há mais de meia vida, nunca o tinha visitado o que é uma verdadeira heresia nas palavras de um dos funcionários de serviço.

Quem o vê à distância fica com a impressão que se trata de um castelinho de um conto de fadas.



Funcionou como local de apoio à batalha de Aljubarrota já que aquela vila tomou a defesa do Mestre de Avis, tendo sido doado ao Condestável, D. Nuno Álvares Pereira. Com a sua descendência o castelo medieval foi transformado num solar renascentista que foi, ao longo dos tempos, conservado e melhorado.

Infelizmente sofreu fortes danos aquando do terramoto de 1755.




A entrada:




As torres frontais numa perspetiva interior:




Uma das varandas vista de dentro:



E por fora:



Vista do átrio central do castelo com a cisterna octogonal ao centro:




Vista exterior de uma das torres piramidais verdes:


Vista interior da mesma:


Pormenores que mostram o bom estado de conservação em que se encontra o castelo:









É mesmo um castelinho muito bonito e merece uma visita!

26 comentários:

  1. ~ ~ Conheci-o recente e virtualmente, num dos enigmas do Rui.
    ~ ~ Pesquisei sobre a sua história...

    ~ ~ Esta reportagem fotográfica está, realmente, muito boa. ~ ~

    ~ ~ ~ ~ Beijinhos. ~ ~ ~ ~

    ResponderEliminar
  2. Sempre gostei desse castelo e já o vi ao vivo exteriormente, mas ainda não tive oportunidade de entrar...

    Te agradeço a reportagem e que me despertou ainda mais a vontade de o visitar !

    bons sonhos, Gracinha:)

    ResponderEliminar
  3. Obrigada pelo passeio. Parece mesmo um desses castelos que ilustram os contos infantis. Desconhecia por completo. Também só estive em Porto de Mós há quase 60 anos e não lembro nada dessa visita.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderEliminar
  4. Gracinhamiga

    Uma verdadeira reportagem fotográfica com um texto de apoio que levam a que o "castelinho" seja visitado. Gostei; gostei mesmo muito. Parabéns e muito obrigado

    Qjs

    ResponderEliminar
  5. Vou contar um segredo:
    Também nunca visitei.
    Mas fica aqui mesmo só entre nós......os 500 :))
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eheheheheh..... Prometo não dizer a (mais) ninguém...

      Eliminar
  6. Também nunca o visitei , mas eu tenho alguma desculpa...terei ? É muito bonito e fiquei a pensar qual o material das torres verdes ; é metal , é pedra , o que é ?
    M.A.A.

    ResponderEliminar
  7. :))) Não acredito, Graça ! :)) ... Então eu, que sou de tão longe estive lá há uns 10 dias e a Graça ainda lá não tinha ido ? ... rsrs
    Devo dizer-lhe que andei por esses lados em "homenagem" aos meus amigos daqui dos blogs que são naturais ou residem nessa zona !
    Fiquei fã, ao ponto de lhe ter dedicado uma série de 9 posts !!!
    Toda aquela vossa zona é maravilhosa !
    Este, o post sobre esse castelo !
    http://coisas-da-fonte.blogspot.pt/2014/10/andando-por-ai-29.html
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu vi, Rui.
      «Santos de casa não fazem milagres»... Sabe que vivi em Algés alguns anos, ali paredes meias com a Torre de Belém e só a visitei anos mais tarde quando já lá não morava...

      Eliminar
    2. .... Tchiiiuuuuu ... que ninguém me ouça ou leia, Graça,.... mas ,...eu,... nunca subi a Torre dos Clérigos ! .... tchiuuuuuu

      :)))) ... os tais santos da casa ! ... :)))
      .

      Eliminar
  8. O meu filho mais velho adorava este castelo que tem mesmo esse ar de conto de fadas! :)
    Uma verdadeira heresia mesmo, Gracinha!

    Abraço

    Rosa dos Ventos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vale mais tarde o que nunca.... Mas é mesmo um miminho!

      Eliminar
  9. Bem bonito! Vale a pena uma visita. Bem certo é o ditado: "Santos ao pé da porta não fazem milagres..."
    Cumprimentos.

    ResponderEliminar
  10. Pois eu já lá fui mas há mais de 40 anos, o que é meia heresia :-)))))))))))
    A tua reportagem abriu-me o apetite para uma nova visita!

    ResponderEliminar
  11. Já o visitei algumas vezes e a sensação que experimento sempre é que aquilo nunca teve uma função estritamente militar, não ser um castelo, mas sim uma "pousada de cinco estrelas".para titulares nobres que nem sequer pagavam IMI!!!
    Teve obras há pouco tempo (meia dúzia de anos? não sei precisar). está, por isso, num brinco.
    A reportagem feita pela Graça está um primor: fotografia, legendas e texto explicativo.

    ResponderEliminar
  12. Conheço sim o castelo nosso vizinho!
    Gostei imenso das fotos e reportagem.
    O nosso amigo Rui fez um post (Enigma) com uma foto parecida com a tua 7ª e eu conheci de imediato.

    Beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  13. Sabe tão bem ver como está tão bem conservado.

    Imagens que despertaram a minha vontade de o visitar.

    beijinho amiga Graça

    ResponderEliminar
  14. Agradeço a todos o facto de terem gostado da minha apresentação do castelo do conto de fadas...

    ResponderEliminar
  15. Esse Castelo ainda há pouco apareceu num dos passatempos do nosso amigo Rui, Graça! Muito bonito, mesmo!

    As tuas fotos deram-nos a conhecer - a mim que o não conhecia- de uma maneira muito completa. Uma beleza!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  16. á etive em Porto de Mós algumas vezes, mas nunca fui ao castelo. Da próxima, não vou falhar. Obrigado pela partilha

    ResponderEliminar
  17. Sem dúvida que merece ser visitado. Também já por lá passei.

    ResponderEliminar