quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Netices

O nosso neto mais novo, de três anos bem serenos mas bem sabidinhos, foi com o pai, durante as férias de alunos, à escola onde aquele é professor. Terá andado por lá aos saltos e até chegou a conhecer o director da escola. Estou mesmo a ouvir o meu genro a dizer-lhe: «este senhor é que é o chefe do papá.»


Pois um dia destes telefonei lá para casa e ouvi a voz do pequenino Eduardo algo alterada. «Que está ele para aí a dizer?» perguntei à minha filha. E aí fiquei a saber que o fulaninho estava telefonar do seu telemóvel de plástico para o director da escola do pai dizendo-lhe com grande à-vontade: «Ó E., olha que o meu papá está aqui a portar-se muito mal




Olhem-me só o estilo do ganapo!... Tem a mania que toca guitarra!


10 comentários:

  1. Há de tocar.
    Há uma altura da vida em que todos querem aprender: uns ganham-lhe o jeito outros desistem.

    ResponderEliminar
  2. Tenho aqui também um "exemplar" desses com 2 anos e meio... e foi me dizendo: - "ô vó minha mãe tá aqui enchendo o saco de mim"... Acha que eu aguento? Só rindo com esses pequenos, mesmo!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  3. Tem toda a pinta de malandreco :))
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. São traquinas, mas são o nosso enlevo.
    Um abraço e obrigada pelo "ganapo" Não ouvia essa palavra desde que meu pai partiu.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  5. Saem-se com cada uma, os ganapos!
    E o Eduardo tem cá uma pinta! :)

    Abraço

    ResponderEliminar
  6. Olá, para que saibas, divulguei a Programação das apresentações do 2º Prosas Poéticas que se iniciará nos próximos dias; dê uma olhada, quem sabe entre as autoras e os autores participantes, não tenha alguém a quem gostarias de prestigiar.
    Abraço.

    ResponderEliminar