sábado, 6 de setembro de 2014

Baile à antiga

Se aproveitarem o sábado à noite para irem dar um pezinho de dança, inspirem-se nos passos (salvo seja...) dos pares do vídeo abaixo e divirtam-se!  (Cuidadinho com o lumbago e com as artroses, porém...)





Bom fim de semana!

17 comentários:

  1. Excelente!
    Dancei muitas vezes ao som desta musica, mas o meu pézinho de dança hoje está a ser mais para o calmo, tipo slow :)

    Beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  2. ~
    ~ ~ Dançava assim (nos intervalos e quando as professoras faltavam) com
    as minhas colegas do, então, liceu feminino, Maria Amália Vaz de Carvalho.

    ~ ~ Muito "pinotiávamos" na sala de Mocidade Portuguesa ou na sala de Jec.

    ~ ~ ~ Bons tempos de menina e moça...

    ~ ~ ~ ~ Beijinhos. ~ ~ ~ ~

    ResponderEliminar
  3. Parecem partidos e é incrível como não acontece embaterem uns nos outros :)

    ResponderEliminar
  4. Olá Graça!
    Saibas que foi honroso receber tua visita, pela qual agradeço, no entanto, não querendo ser indelicado, causou-me estranheza não seguires o blogue; isso, porventura, significa que não voltaras mais? Tomara que não!... Tomara que foi um mero esquecimento. Tenhas um excelente domingo. Beijos.

    ResponderEliminar
  5. Ora aí uma ótima sugestão! Que pena já ser domingo...
    :)

    ResponderEliminar
  6. Estas danças ao som destas musicas , eram um delírio...e como nos empenhavamos ?!...
    M.A.A.

    ResponderEliminar
  7. Embora saiba dançar... bem! – modéstia à parte – confesso que não tenho (nem nunca tive) esta flexibilidade! : )

    ResponderEliminar
  8. Era bom, era! :)
    Agora só aguento uns passos, salvo seja...que até me custa escrever este nome!

    Abraço

    ResponderEliminar
  9. Vou ver. Dançar faz muito bem.
    Desejo um bom domingo.
    Bj.
    Irene Alves

    ResponderEliminar
  10. Amiga Graça, queres me matar ?
    Se eu agora dançasse esta música ia parar ao hospital :))

    beijinho e boa semana

    ResponderEliminar
  11. Eheheheh...Com este frenesim acho que nunca dancei, mas lá que me mexi e remexi bem, ao som do swing e do rock'n'roll, não duvides! :)

    Ainda dou o ar da minha graça se for preciso, o pior é esta dor lombar que me vem pela perna abaixo...:(
    Será isto o tal lumbago??

    Mas um slow ainda vai...:)

    Bom resto de domingo e óptima semana.

    ResponderEliminar

  12. E o que eu sempre desejei saber dançar assim mexido!!
    Mas nunca dancei... nem aos 20... muito menos agora!! Danço outras danças...

    Em vídeos como este, vou-me consolando em dançar com os olhinhos!! hehehehehe


    Beijinhos bailados
    (^^)

    ResponderEliminar
  13. Também eu, Afrodite!!! Neste tempo eu era ainda muito miúda por isso não pratiquei... Eu era mais twist e aí ninguém me batia aos pontos... Belos anos 60!!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  14. Querida Majo, tu não me digas que andaste no Liceu Maria Amália!... Eu também e, por acaso não gostei nada. Só lá fiz o 6º e o 7º anos nos anos de 63/64 e 64/65. Nunca me adaptei àquele rigor fascista, nem sei onde era a dita sala da MP nem da Jec...mesmo assim, ainda deu para aprender os passos do hully-gully nas aulas de inglês que eram a maior bagunça...

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  15. ~ ~ Só agora reparei.
    ~ ~ Também só estive dois anos no Maria Amália, no 3º e 4ºanos de 59/60 e 60/61. Mais menina do que moça.
    ~ ~ Quando entrei no tal liceu de disciplina exemplar, senti-me muito infeliz, mas tive a sorte de passar a pertencer a um grupinho maravilhoso.
    ~ ~ A aulas bagunçadas eram as de História, em que a professora nos ensinou a dançar o chã chá chá, o que nos deu a ideia de pedirmos a uma colega para nos ensinar a dançar.
    ~ ~ A Ben tinha muito jeito e dessa maneira escapávamos ao ambiente austero, beato e bafiento.
    ~ ~ As saletas de MP e JEC eram do género gabinete, mas estavam abertas. Escapávamos para lá silenciosamente... Nunca fomos apanhadas...
    ~ ~ Divertimo-nos bastante.

    ~ ~ ~ ~ Beijinhos. ~ ~ ~ ~

    ResponderEliminar
  16. Pois eu nunca me diverti dentro daquele «Hospital das Letras» porque eu era de Letras... Não gostei nada de lá andar! O que me valeu foi ter entrado na Faculdade e aí sim, diverti-me à brava...

    Beijinhos, colega...

    ResponderEliminar