domingo, 11 de janeiro de 2015

Abrigo do Lagar Velho

Com os dias de sol, e apesar do frio, apetece andar por aí. E foi assim que, quase sem querer, fomos dar ao Lapedo, ao lugar chamado Lagar do abrigo Velho, na freguesia de Santa Eufémia, aqui nos limites do concelho de Leiria, onde em finais dos anos 90 descobriram os restos mortais de uma criança com cerca de 24 500 anos, o chamado Menino do Lapedo.

É um local muito bonito: um vale, no meio de de encostas muito íngremes, "com numerosas cavidades cársicas  [diz a Wikipédia] que foram escavadas durante centenas de milhar de anos pela ribeira [do Sirol] e outras linhas de água".
 
Tem apenas três casas - muito bonitas - um belo parque de merendas e um pequeno Centro de Interpretação que, segundo li nos jornais há uns tempos está fechado porque os donos daquele espaço recorreram aos tribunais por questões de propriedade.

Vou deixar aqui algumas fotografias que, apesar de tudo, não dão a panorâmica do belo vale.

























E aqui a fotógrafa também foi apanhada na reportagem...


Boa semana!

22 comentários:

  1. Já tinha ouvido falar do Menino de Lapedo, mas nunca estive aí, nem fazia ideia de como é bonito. Esta foi uma reportagem super completa, nem escapou a fotógrafa :)
    obrigada, um beijinho e uma boa semana também
    Gábi

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É um local bom para se visitar no verão. Ficas convidada! Beijinho.

      Eliminar
  2. Não conhecia.
    Lindíssimo!
    Beijinhos, votos de boa semana

    ResponderEliminar
  3. ~ Um belo passeio de Inverno.
    ~ Uma maravilha este sol! Que se conserve, no entanto, exige muito cuidado:
    a diferença de temperatura entre estar ao sol e à sombra é grande.
    ~ O surto tem dizimado vidas,..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O surto e a falta de meios com que este "nosso" "governo" tem equipado os nossos hospitais!

      Eliminar
  4. Já aqui estive e fiquei encantado. Locais com muita beleza natural.

    ResponderEliminar
  5. Também gosto de fazer este gtipo de passeios.

    Obrigada pelas bonitas fotos e boa semana :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando os dias estão bonitos até apetece, não, São?

      Eliminar
  6. Pela amostra, um local muito apetecível, ... pelo Verão ! :))))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro, no Verão, com um belo de um piquenique...

      Eliminar
  7. Nunca visitei, conheço apenas imagens da net, parece muito agradavel.

    Beijinho e uma boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Parece impossível, Adélia! Aqui tão perto! (Mas eu moro aqui há 40 anos e só agora lá fui...) É que sou pouco dada ao campo... embora depois goste do que vejo.

      Beijinhos

      Eliminar
  8. A julgar pelas imagens é um sítio muito bonito. Infelizmente desde o dia 3, eu só saio de casa para ir ao médico. Nem posso aproveitar o bom tempo.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que pena, querida Elvira!! Têm estado uns dias lindos! Boas e rápidas melhoras!!

      Beijinhos

      Eliminar
  9. Parabéns à fotografa :) por nos dar a conhecer mais um belo lugar.

    beijinho e boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A fotógrafa não é nada de jeito nem a máquina... mas faz-se o que se pode.

      Beijinhos, Fê!

      Eliminar
  10. Gostei de ver a sua reportagem, já tinha lido sobre o menino do Lapedo , mas nunca por aí andei. Começo a ter receio de sair de casa por muitos motivos....Hoje , saí , estava frio , muito frio e logo de manhã os funcionários municipais espalharam sal na minha rua .
    M.A.A.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, aí por cima é bem mais frio! E bem mais bonito, também!

      Eliminar
  11. "abrigo de lagar velho" - uhummm ... apelativo!

    Talvez depois de "Amor" seja o abrigo certo!

    beijo

    ResponderEliminar
  12. Ai o menino herético/herótico... malandreco... (um bocado húmido, mas enfim...)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. Encontra-se classificado como Monumento Nacional (o mais alto nível de proteção patrimonial em Portugal, ou seja, o mesmo que os jerónimos, o castelo de Leiria, a torre de Belem...). Na altura, quando foi descoberto o esqueleto, a comunidade internacional classificou como a maior descoberta arqueológica dos últimos 100 anos! trata-se de um cruzamento de Homo sapiens com neanthertal (e lá se foi o mito do homem de neanthertal como um buga-buga...)
    Catarina

    ResponderEliminar