domingo, 30 de novembro de 2014

O Maneli de Serpa



Uma rua de Serpa
Agora que o Alentejo está em alta e para começarmos a semana com um sorriso, deixo aqui esta história do Maneli de Serpa que dedico em especial à nossa amiga Janita.

«O Maneli, alentejano de gema, adormeceu na praia sob um sol escaldante e sofreu graves queimaduras nas pernas.

Foi transportado para o hospital de Beja, com a pele completamente vermelha, cheio de bolhas, e as dores eram horríveis.

Qualquer coisa que lhe tocasse na pele, era a mais completa agonia!

O médico, um alentejano de Serpa, foi ver o Maneli e prescreveu que lhe fosse administrado soro, por via intravenosa, um sedativo leve e 3 comprimidos de Viagra de 8 em 8 horas.

Antonieta, a enfermeira de serviço também ela alentejana, da Vidigueira, completamente boquiaberta perguntou:

- Oh Doutori, vomecê desculpe, mas vomecê receitou Viagra?!!!

Responde o médico:

- Si senhora, recetê Viagra e muito bêm.

A Antonieta volta a perguntar:

- Mas atão pra que serve ao Maneli o Viagra nas condições em quele tá?

Ao que o médico respondeu:

- Atão nã se tá memo a vere? É prós lençois nã tocarem nas quêmaduras das pernas !!!»


Atão passem vossemecês muito bêm!! 



24 comentários:

  1. Atão nã é que já conhecia e mesmo assim ri!
    Obrigada Graça por este meu sorriso.

    Beijinho e boa semana

    P.S. e a Janita merece :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Flor!

      Todos merecemos tudo!! :)

      Beijinho

      Janita

      Eliminar
  2. Nã é possível, comadri Graça! Arão má ei que vomecê escolheu uma rua de Serpa quê pisei a calçada vezes sem conta, ainda nã há muito anos.:))

    Vês essa pontezita lá no alto? Pois ela une a casa dos herdeiros do antigo - e falecido - Major Lobão, que foi patrão do meu falecido tio João Baptista Moreno, irmão da minha saudosa Mãe.
    Chama-se Rua do Assento e, nessa porta por baixo da ponte era a casa onde morava o meu tio. Ainda no Verão o meu filho passou por lá e mandou-me uma foto dessa rua, para eu matar saudades.
    Ele há coisas!! Estou emocionada e tão contente que nem tenho pena do home que sofreu as queimaduras! Eheheh

    Obrigada, Graça.
    Ainda estou apanhada pela surpresa...:)

    Um grande beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Janita, estou feliz por te saber surpreendida e feliz com esta minha lembrança! Parece que acertei em cheio. Que bom! Obrigada por nos contares esses "segredos" todos acerca desta rua que aqui pus. Escolhi-as por a achar bonita e por ter aquele relógio que indica a entrada do Museu dos Relógios. Se bem que todas as ruas das cidades e vilas alentejanas sejam particularmente bonitas com aquele branco de cal em que o sol reflecte o seu brilho.

      Quanto ao home das quêmaduras, nã há que ter pena....

      Bêjinhos alentejanos, comadri...

      Eliminar
  3. Fico feliz por ver a Janita alegre.
    Acertou Graça, abraço às duas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também eu, Argos! Obrigada e apareça sempre!

      Eliminar
    2. Graça Amiga, permite-me que deixe um abraço ao meu querido amigo Argos. Um amor de pessoa!

      Beijinhos aos dois!

      Janita

      Eliminar
  4. Ahahah!
    Juntar o útil ao agradável…. quero dizer, não tenho a certeza se é agradável … manter, assim, uma tepee por tempo indeterminado. Aposto que a Antonieta não vai ficar impávida e serena!

    ResponderEliminar
  5. Que médico tão inteligente... :)))

    Beijocas

    ResponderEliminar
  6. Quase todas as anedotas não me fazem rir. Calhou esta!

    ResponderEliminar
  7. ~ Tadinho do Maneli!! Azarado e estrambelhado como só ele.
    ~ Adondi já se viu drumir sem a sombra de um chaparro ou encalitro?
    ~ O azelha do dotori, armado em carapau de corrida, calhando é chanfrado.
    ~ Antonieta ficou esgróviada só de matutari no tal protetori en riste!!


    ~ ~ Também sou grande fã do Alentejo e grande apreciadora não só dos coros masculinos "a capella", mas também de toda a sua culinária, especialmente quando as iguarias são preparadas por habilidosas mãos regionais. ~ ~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os queijos, os enchidos, a sopa de cação... Hummmmm Hummmmm....

      Eliminar
    2. ~ As iguarias preparadas com ervas aromáticas ou silvestres: as açordas, as migas, a miolada de espargos, as beldroegas com queijinhos, os ensopados de carne, os assados no forno, o lombo com ameijoas, os guisados de favas ou vagens.... Aromas deliciosos!

      Eliminar
  8. Esta eu já conhecia de outras andanças.
    Mas está bestial.
    Beijinhos e votos de boa semana

    ResponderEliminar
  9. Esta por acaso eu já conhecia, mas rio-me sempre que a leio.
    A secções de queimados, dos hospitais, deviam aprender com este "dotori", que o Viagra pode ter várias utilizações...

    óptima semana.
    Beijinhos
    A CASA DA MARIQUINHAS

    Contrariaste o Pessoa, mas muito bem. A "minha" não tem nada de ridículo...

    ResponderEliminar
  10. Ora aí está uma decisão acertada do médico. Uma fórmula de poupar em "utensílios" e "mão de obra" do pessoal da enfermagem...e assim , com uma cajadada, se matam dois coelhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por falar em cajadadas nos coelhos.... enfim....

      Eliminar
  11. ahahahah.... A isto é que se chama um "alentejano em alta" , com a barraca do circo devidamente armada ! rsrsrs
    Falta saber se há "efeitos secundários" para o pessoal de enfermagem ! :))))

    ResponderEliminar
  12. Quando o médico é previdente, quem beneficia é o doente ...
    Boa semana, Graça

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora aqui temos mais um provérbio criado à pressão!!!

      Eliminar