sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Anda, Bobby!

Sabemos todos da irrequietude do atual presidente e de como ele gosta de surpreender toda a gente com visitas ao povo mais simples. Diz-se que um dia destes foi visitar os inquilinos do Hospital Psiquiátrico lá em Lisboa.

Quando lá chegou, o diretor foi avisando o presidente das “manias” de muitos dos doentes para ele saber mais ou menos o que dizer. E chamou a sua especial atenção para um deles que andava a passear uma escova de dentes puxada por uma trela convencido que se tratava do seu cão.

O presidente, com a sua natural habilidade para falar com as pessoas, foi metendo conversa com um ou outro dos doentes até que avistou o que passeava o “cão”.

Chegou-se perto dele e perguntou, cheio de bonomia:

- Então, anda a passear o cãozinho, não é verdade?

O homem fez a sua maior cara de espanto e disse:

- A passear o cão?! Então não se está mesmo a ver que isto é uma escova de dentes?!

O presidente esbugalhou os olhos, mas nada respondeu, limitando-se a ver o homem afastar-se enquanto este, com um certo ar de gozo, sussurrava na direção da escova de dentes:

- Anda, Bobby! Já enganámos mais um!!




11 comentários:

  1. Você me fez rir e muito, Graça! Valeu!!!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  2. Ehehehehe...agora calhou a vez do nosso PR entrar na berlinda, para ver se dão sossego aos alentejanos. :)))
    Esta já me fez rir, pois não contava com o desfecho. LOL

    Beijinhos, Graça.

    ResponderEliminar
  3. Contaram-me esta há muitos anos. Na altura o protagonista era o Samora Machel. Atualizada ou não, continua a ter graça.
    Um abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  4. ahahah... Este, afinal, ainda mais maluco que o que poderia parecer ! :)))
    Ainda julguei que iriam falar dos "sem-abrigo" ! :)) ...
    (Não tardarão).

    ResponderEliminar
  5. Por esta é que eu não esperava ahahaha
    O doido acho que não era tanto como se pensava!

    Beijinhos Graça

    ResponderEliminar
  6. É o que se chama de um doido "sabidolas"!Não conhecia e gostei

    ResponderEliminar
  7. Eu não conhecia, está muito boa!

    :)

    ResponderEliminar
  8. Estou perdida a rir, porque recordei um grande amigo meu que foi com o meu marido para a tropa em 1973, pensando que o davam como doido e o mandavam para casa, resolveu dizer que se chamava "batata" e atar umas meias ao cinto e andar a puxar e dizer "anda Bobi está solinho" outra vez pegou num prato e pôs-se a correr pelo quartel a desandar o prato como se fosse o volante dum carro e fazia o som " brum, brum" resultou-lhe passar 4 meses no hospital da tropa como se estivesse louco. Sempre que estamos juntos rimos com isso.

    Obrigado graça por este momento.

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E ao menos conseguiu safar-se?! Se calhar não...

      Eliminar