sábado, 1 de abril de 2017

Quinta de Santo António

Hoje trago-vos imagens de um espaço muito bonito aqui no mais lindo dos arredores da cidade - as Cortes, local onde nasce o "fermoso rio Lis".




























Banhada pelo rio.







Os azulejos









E o melhor de todos... um barómetro com pelo de porco...





20 comentários:

  1. Graça
    Fica nomeada
    Cicerone licenciada
    e dona do protocolo da cortesia
    na recepção à Freguesia

    ResponderEliminar
  2. Boa reportagem, excelentes olhares e boas fotos.
    Um abraço e bom domingo

    ResponderEliminar
  3. Um lindo local e muito bem cuidado. Gostei imenso de ver.
    : )

    ResponderEliminar
  4. Como gostei de ver estas fotos!
    Lembrei-me que aí passei um fim de semana em casa de uns amigos, cujo avô vivia numa dessas casas que penso ter reconhecido, era eu muito jovem mas ainda me lembro da Casa e do Lis que se ouvia na varanda...lindo lindo. Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É, de facto, muito bonita toda esta zona, papoila.

      Eliminar
  5. Gostei deste passeio e adorei o barómetro do tempo, espectacular!!:)
    A sequência de fotos sobre a nascente do Lis, está muito boa.
    Como diz o Rogério, poderias ser nomeada cicerone oficial das Cortes e não só.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eh eh eh eh... vocês são uns queridos!

      Beijinhos

      Eliminar
  6. Que delícia de passeio fiz por sua reportagem, Graça! Fotos, textos e poemas 'ternurizantes'... Obrigada!
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E assim vai conhecendo o nosso querido Portugal...

      Beijinhos lusos.

      Eliminar
  7. Passei perto mas um dia vou conhecer!
    Obrigada pela partilha!!! Bj

    ResponderEliminar
  8. Bela reportagem fotográfica, Graça!
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  9. Graça muito bonita essa Quinta de Santo António onde nasce o rio Lis. Dá mesmo vontade de ir passar uns dias descansados por aí. Os azulejos são espectaculares !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De facto, o rio Lis não nasce nesta quinta, mas aqui por perto. Nasce na mesma freguesia, das Cortes, mas não na Quinta. Quando aqui passa, já vai cheio... especialmente no Inverno.

      Beijinhos leirienses...

      Eliminar
  10. De facto, é um lugar aprazível e deve ser refrescante...
    Apreciei sobremaneira a tua esmerada fotorreportagem.
    ~~~ Beijinhos bucólicos ~~~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esmerada... dizes tu, que és uma querida!

      Beijinhos

      Eliminar
  11. Gostei que gostassem, amigos!
    Obrigada e boa semana.

    ResponderEliminar