segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Para quem não gosta do Hallowe'en

Tenho lido por aí que há educadoras de infância que se recusam a comemorar o Dia das Bruxas porque não é uma tradição portuguesa. É uma opinião.

Mas eu aproveitava para dizer a essas senhoras educadoras - e a outras pessoas que também assim pensam - que o Pai Natal e a árvore de Natal também não se enquadram nas tradições  portuguesas - seja isso o que for...

Também há quem defenda que toda a tradição é inventada - ler "The Invention of Tradition" do autor Eric Hobsbawm, 1992, se tiver interesse e ... paciência.

Mas a pensar nos que teimam em dizer que a "nossa" tradição é ir pedir «Pão por Deus» ou ir pedir o «Bolinho», como se diz aqui na zona de Leiria, a pastelaria/padaria onde diariamente compro o pão, expôs alguns sacos.














Ficam a faltar aqui os sacos para o pão que trouxe no meu enxoval - coisas do século passado... - algumas bordadas por mim... Nem dá para acreditar, pois não? Mas é verdade... Hei de mostrá-las :))

18 comentários:

  1. Pois olha, Graça...gosto bem mais dos sacos do que das abóboras e essas mascaradas de bruxas todas, a que deram o pomposo nome estrangeirado de Halloween...:)

    Também tenho alguns feito em crochet, e outros, bem bonitos.
    Já estou como tu: qualquer dia mostro-os. :))

    ( Fico à espera que nos mostres o quanto foste prendada...e és, e és!!! :) )

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Prendada... nem por isso. Eram coisas que a minha mãe me obrigava a fazer para passar o longo tempo das férias de Verão. Enfim! Agora tenho ali as gavetas cheias de coisas que não vão servir a ninguém. Modas do antigamente.

      Beijinhos aqui da bruxa...

      Eliminar
  2. Quando era menina, ia com os meus irmãos pedir o pão por Deus. A minha mãe tinha feito uns sacos de retalhos que guardava o ano inteiro para usarmos apenas nesse dia. E era uma alegria para nós pois sempre trazíamos frutas, bolachas, rebuçados e às vezes frutos secos, amêndoas figos e nozes, que nunca tínhamos em casa. A minha mãe, punha logo de parte os frutos secos, que guardava para a noite de Natal e só podíamos comer os as outras coisas. Mas era sempre uma grande festa.
    Quando casei, passei a ter sempre frutas e doces para dar às crianças nesse dia. Mas de repente há uns 35 anos mais ou menos, as crianças deixaram de aparecer.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por cá ainda continuam a aparecer, embora eu ache um pouco já fora de tempo... Gosto mesmo é das broinhas de batata doce que fazem cá em Leiria para esta época do Bolinho.

      Beijinhos doces...

      Beijinhos

      Eliminar
  3. Concordo contigo. O meu Natal em Portugal, quando era criança, era com o presépio.
    Há pessoas que têm tanta dificuldade em adaptarem-se a “coisas” novas!!!
    Tento compreender quem não está e nunca esteve no ensino... mas essas educadores...
    Não direi feliz Halloween, mas desejo-te um bom dia, neste último dia de outubro. Que tenhas um bom Dia das Bruxas!!! : )))))

    ResponderEliminar
  4. Ver as minhas colegas, no horário de expediente!!, com uns corninhos de plástico na cabeça confesso que não faz nada o meu género.
    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De facto... no trabalho parece-me um bocado parvo. Nas crianças, é diferente porque nelas tudo se entende e se desculpa...

      Happy Halloween!

      Eliminar
  5. Eu não costumo festejar...mas não vejo mal nenhum em fazê-lo...

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  6. Não vejo com bons olhos esses festejos do dia das bruxas, sou retrógada? Talvez!
    Já do pão por Deus tenho gratas recordações, quando eu e os meus irmãos íamos de porta em porta pedir.
    Quando alguém mais endinheirado nos dava uma moeda era uma festa.
    Adorei esses saquinhos, Leiria tem sempre ideias muito à frente.
    Fico à espera de ver aqui as tuas habilidades em crochet :) :)

    Beijinhos Graça

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As minhas habilidades são bordadas, não em crochet... Hei de trazê-las aqui um dia.

      Beijinho, Manu!

      Eliminar
  7. Festejei sempre com os meus alunos embora nunca tenha apreciado o tipo de festa!!!
    Que bela coleção de sacas de pão!!!bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E ainda não viste as minhas... eh eh eh eh...

      Beijinhos

      Eliminar
  8. Muito bem dito!

    Temos de ser mais coerentes nas opiniões e aceitar que nutrimos mais simpatia por algumas tradições do que por outras, ainda que estas sejam fruto da globalização de culturas ou económica.



    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Naturalmente! Escusamos é de ser fechados às novidades...

      Eliminar
  9. Os saquinhos são muito giros. O Halloween, nem por isso, Beijinho, Graça

    ResponderEliminar