sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Estou a ficar cá uma piegas!

Sexta-feira, manhã de ir às compras para o meio da cidade. Oh não! Paragem no trânsito por causa do desfile de Carnaval das criancinhas das escolas. Isto de estar fora da escola vai para seis anos dá nisto: uma pessoa já nem se lembra destas datas e destas confusões!

Melhor ir a pé para chegar lá a baixo mais depressa. Mas os miúdos vão tão engraçados! Tema sugerido pela Câmara: segurança rodoviária e bombeiros. Vai de tirar fotografias.













Mas depois vêm as crianças das “minhas” escolas lá do “meu” agrupamento. E os abraços amorosamente saudosos das “minhas” coordenadoras de escola, da “minha” vice para o 1º ciclo, foi cá uma emoção e bateu cá uma saudade! Tive de fugir para não me verem as lágrimas.















Estou a ficar cá uma piegas! Razão tinha o outro!

22 comentários:

  1. Aqui o tema foi Saúde, Alimentação, e Desporto. Havia miúdos vestidos de todos os desportos, de médicos e enfermeiros, e dos mais variados frutos, e legumes, peixes e animais. Fui ver a minha neta (Mascarada de atleta de pesos em ginásio) e acabei tirando 200 fotos do desfile.
    Sim leu bem, 200 fotos. Soou uma exagerada eu sei. Mas estavam tão giros.
    Um abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando se trata de filhos ou de netos, nada soa a exagerado...

      Beijinho.

      Eliminar
  2. Isso é ternura, comoção, nostalgia, carinho, Graça.
    Pieguice, é uma outra coisa bem diferente...

    As fotos da criançada estão lindas.
    Enquanto o meu neto foi pequeno ainda havia Carnaval para estas bandas. Agora nem isso.
    Cortejos; ainda não vi nada este ano.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. A pieguice por boas causas é uma virtude, não um defeito.
    Bom FDS

    ResponderEliminar
  4. Não fazia ideia que o carnaval infantil é temático,Graça.

    Pobres crianças que tem de usar as máscaras que os outros querem que usem. O pobre polícia com quem me cruzei de manhã está perdoado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas eles não fazem sacrifício! E os que não gostam, não são obrigados. A sério!

      Eliminar
  5. Penso sempre nas horas e horas e trabalho que fazem o chão de um desfile desta natureza.
    E a pieguice nem sempre é de deitar fora:).

    ResponderEliminar
  6. Junto-me a si nas "pieguices" - ontem colaborei num desfile semelhante. De padeirinhas (de Aljubarrota) aos "Camões", do povo que somos (cá no sítio), a uma viagem pela China, e ... e foi lindo, lindo. Ora espreite: https://www.facebook.com/permalink.php?story_fbid=1108065165885121&id=254947951196851

    ResponderEliminar
  7. Isso , não é pieguice , é ternura.
    M.A.A.

    ResponderEliminar
  8. Palavra que estava mesmo mesmo à espera de ver a fotografia de uma lágrima tua. Afinal...
    Este ano o meu Carnaval está mais para o sisudo.

    Beijinho com sorrisos a valer.

    ResponderEliminar
  9. Embora o nosso Carnaval também meta as criancinhas, é um carnaval abolutamente político.

    Düsseldorf, Helau!

    ResponderEliminar
  10. Ai que saudades, Graça...:https://www.youtube.com/watch?v=JAgsROsJVnQ

    ResponderEliminar
  11. Junto a minha à tua a pieguice, isso é saudade sim, mas muita ternura e sensibilidade.
    Este ano não vi desfile, porque não participou a escola onde anda o meu neto mais novo.

    Beijinho e bom fim de semana.

    ResponderEliminar

  12. Gracinha... a pieguice "fica-vos" tão bem...
    :))

    Beijinhos piegas!

    ResponderEliminar
  13. Gostei de ver. Elas, as crianças, estavam encatadoras.

    ResponderEliminar
  14. Há casos em que é bom ser piegas... :)

    ResponderEliminar
  15. É tão ternurento!
    Este ano desejei ver o miúdo cá de casa mascarado de polícia mas não deu. E ele ainda não dá importância a isso. Só «implico» um pouco com essa mania de mascarar todos por igual. O carnaval dos pequeninos não costumava ser assim, pois não? Mas estão uns fofos!

    ResponderEliminar