terça-feira, 23 de junho de 2015

Uma Marcha ao Flambó

A minha maior consideração e simpatia para quem tem a (difícil) missão de tratar dos idosos trabalhando para que vivam o resto do tempo de vida que lhes falta viver de forma digna, mais ou menos harmoniosa e mais ou menos preenchida. 

Uma «noite de São João» num lar aqui da freguesia teve a particularidade de reunir os velhos - sem medo das palavras! - com os miúdos do pré-escolar e do 1º ciclo em grande festa de vida e de frescura.

Houve sopas




e docinhos...



Muita animação






E, claro, a Marcha à Flmabó, que juntou a população idosa com os ganapos, o que saiu uma mistura muito apreciada.















E Viva o São João!!

21 comentários:


  1. E vivam os organizadores da festa que incluíram os séniores.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi ao contrário, Catarina. Foi no Lar que organizaram a festa e chamaram as crianças dos Jardins e da Escolas onde a direção do Lar (de que o meu marido faz parte) também detém a direção dos tempos livres das crianças.

      Eliminar
  2. São de louvar as iniciativas que incluam novos e velhos, e sim, sem medo da palavra quanto mais não seja porque implica respeito e merecem-no pelos que ainda o não sendo estão a caminho...
    E vivam os santos populares que proporcionam alegrias, simples dirão alguns!
    Beijinhos com muitos sorrisos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem medo das palavras, amigo Kok!!

      Beijinhos :)))))

      Eliminar
  3. ~ ~ ~
    ~~ Educação da melhor qualidade:
    motivadora, ativa, solidária, participativa, integrativa e integral.

    ~~~ Ao diabo o (C)rato! ~~~

    ~ ~ ~ ~ ~ Beijinhos. ~ ~ ~ ~ ~
    .

    ResponderEliminar
  4. Uma iniciativa de louvar. Parabéns aos organizadores!

    ResponderEliminar
  5. Eu gosto da palavra VELHO, acho que se deve dizer sem medo e sem vergonha, até porque as palavras não ofendem o que ofende é a intenção com elas são ditas...e diz-se tanta coisa aparentemente bonita que magoa tanto...
    Viva o S.João!!! bjs

    ResponderEliminar
  6. Prefiro a palavra 'velho' ou mais carinhosamente 'velhote/a' à palavra 'idosos'...Sinto aí uma conotação mais fria e distante, como se fossem um gangue ou uma seita a abater!!
    No outro dia na TV, davam uma ntícia sobre uma senhora de 64 anos e referiam-se a ela como idosa! Francamente!

    Bom, mas falando da Marcha `Flambó ( até me faz lembrar A marcha do Pátio das Cantigas) gostei muito desta reportagem sobre o convívio entre várias gerações!
    Assim é bonito de se ver e participar.

    Parabéns a quem teve a brilhante ideia de juntar na mesma festa a sabedoria da idade à frescura da infância. Adorei!!

    E Viva O São João!!

    Janita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Janita, pelo teu entusiástico comentário!

      Idosa com 64 anos?! Sabem lá eles a força que uma mulher de 64 nos ainda tem!!!

      E Viva o São João e mais o São Pedro!!

      Eliminar
  7. É a vida. Mas é triste chegar-se a dependente. E mais não digo.

    Abraço
    MANUEL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois deve ser, Manuel. Nem imagino!

      Grata pela visita.
      Beijinho

      Eliminar
  8. Uma mistura fina que faz bem a todos..

    Abracinho

    ResponderEliminar
  9. Que bela iniciativa, aqui tão bem relatada com reportagem fotográfica e tudo. Tenho a certeza que todos gostaram: as crianças e os mais velhos.
    Um beijo, Graça

    ResponderEliminar
  10. Minha querida conseguiste por-me as lágrimas a caiarem, caramba! É para mim muito comovente.
    Uma iniciativa exemplar, muitos parabéns a quem fez parte dela e a ti por me dares a conhecer.
    Sabes amiga, eu tinha um desejo à muitos anos, que era ir fazer voluntariado ou para hospitais ou lares quando me reformasse, mas infelizmente a reforma veio mais cedo por motivos de saúde que não me permite realizar esse desejo.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não era minha intenção, Flor!!!
      Pois para mim seria muito penalizador ter de trabalhar com pessoas destas idades. Por isso tenho tanta consideração e aprecio muito as pessoas que o fazem bem e com alegria.

      Beijinhos

      Eliminar