quinta-feira, 4 de junho de 2015

Hernando's Hideaway

Para esquecer as patranhas do "programa eleitoral" da espécie de governo que há quatro anos, voraz, se atirou «ao pote» e lá se quer manter;

Para esquecer os pezinhos de lã com que aquela espécie de presidente da República que temos já começou a fazer propaganda eleitoral pelo dito governo;

Para esquecer as trapalhadas que se acastelam lá pelo "meu" Sporting (até estou a pensar seriamente em voltar ao "meu" Belenenses do tempo de Algés...) com a drástica mudança de treinadores;

Para esquecer... para esquecer... para esquecer... lembro-me de músicas, de filmes, de alegrias de antigamente. Por exemplo, de como eram divertidos os musicais da Broadway (depois transformados em filmes) e tão bem montados, tão bem cantados, tão bem dançados...

Quem se lembra da vivacidade e da voz poderosa de Doris Day (ainda viva) que tantos filmes protagonizou desde os anos 40/50?

Hoje recupero a cena do tango Hernando's Hideaway do divertido musical The Pajama Game (1957), cuja protagonista foi Doris Day, se bem que não seja ela quem canta nesta cena.

Talvez não se lembrem, mas sei que vão gostar.




16 comentários:

  1. Gracinhamiga

    Palavra que não recorri ao Yuo Tube:

    I know a dark secluded place.
    A place where no one knows your face.
    A glass of wine, a fast embrace.
    It's called Hernando's Hideaway. Ole!

    All you'll see are silhouettes.
    And all you'll hear are castanets.
    And no one cares how late it gets.
    Not at Hernando's Hideaway. Ole!

    At the Golden Fingerbowl or any place you go
    You will meet your Uncle Max and everyone you know,
    But if you'll go to the spot that I am thinkin' of,
    You will be free to gaze at me and talk of love.

    Just knock thee times and whisper low
    That you and I were sent by Joe,
    Then strike a match and you will know
    You're in Hernando's Hideway. Ole!

    Just knock three times and whisper low
    That you and I were sent by Joe,
    Then strike a match and you will know
    You're in Hernando's Hideaway.


    De tanto ter dançado este maravilhoso tango [uma data de vezes com a Raquel, [mas houve (ela não vai ler isto...) outras jovens donzelas com quem o fiz..) até o sei de cor de cima para baixo e de baixo para cima....

    Bjs dela (Kel) e qjs do Pernoca Marota

    PS (se não ganha...subscrevo todos os teus "esqueceres")

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai seu grande maroto!!!! E não é só a Perna, não!!! Como me solidarizo com a Raquelamiga!!!!

      Beijinhos

      Eliminar
  2. Nesse tempo o esplendor da inocência. Vivia-se bem e gozava-se o que a vida tinha para dar. Muito.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gozavamos acima das nossas possibilidades - diria o Coiso....o Pedro Manuel

      Eliminar
  3. Já não me recordava,
    E foi bom recordar.
    Beijinhos, bfds

    ResponderEliminar
  4. Lindo , bonito de se ver e ouvir , autentico.
    M.A.A.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eram mesmo assim os musicais desse tempo (e os de agora também; pelo menos os americanos)

      Eliminar
  5. Não recordo, mas gostei de ver e ouvir.

    Beijinho Graça, tem um bom fim de semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Porque és novinha, minha querida...... eheheheheh....

      Eliminar
  6. Lá me puseste a cantar e a dar ao pezinho!!
    E por 3 minutos esqueci tudo o que mencionas...
    Bom fim de semana e obrigada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom, Justine! Objetivo alcançado!!!!!

      Beijinhos

      Eliminar
  7. Amiga subscrevo todo este seu texto. Também sou do Sporting, mas não-sócia.
    Porque o meu pai era Sportinguista nós as filhas começámos de pequeninas a
    dizer que também éramos e assim continuou pela vida. Mas hoje sinto-me
    muito mal com tudo o que se está a passar, e enquanto este presidente por
    lá estiver, vou ver se me esqueço de estar a seguir coisas relacionadas com
    este clube. Vou ver o vídeo, sempre me deve descontrair um pouco que bem
    preciso.
    Desejo-lhe um bom fim de semana.
    Bj.
    Irene Alves

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estes têm sido tempos complicados, cara Irene!! Temos de descontrair...

      Beijinho

      Eliminar
  8. Claro que me lembro muito bem de Doris Day e daquele filme "Por favor não comam os malmequeres".
    Bom FDS

    ResponderEliminar