segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Vendam também o Palácio de Belém!

Na sanha de «melhorar» o país e de serem os «bons alunos» da Europa - mesmo que a dívida pública ascenda aos 132% do PIB e que mais de dois milhões de portugueses estejam a viver abaixo do limiar da pobreza, na grande maioria crianças, jovens e velhos e que o desemprego real ronde os 20% - esta espécie de governo que, por incúria de muitos, tomou conta do poder tem vendido o país aos pedaços. Das empresas nem vale a pena falar - já só falta a TAP. Agora viram-se para o património. 

Este é o forte que querem alienar. O forte de São Miguel Arcanjo na Nazaré que data do tempo de D. Sebastião.












Um dia destes poderão querer alienar também o Castelo de São Jorge, a Torre de Belém, a Torre dos Clérigos, a Universidade de Coimbra e ...

... até  Palácio de Belém, sei lá! Com inquilino e tudo!

19 comentários:

  1. Também querem vender o Castelo do Queijo no Porto.
    É bom não esquecer, também, o crime da onda de privatizações programadas para os transportes públicos de que não se tem escrito nem falado muito. Um dia destes vou tentar abordar o assunto, para ver se desperto consciências.
    Boa semana, Graça

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. «Privatizem até a puta que os pariu!» - Saramago.

      Eliminar
  2. Estou a ver os chineses a comprar tudo.
    O Palácio de Belém só o comprarão sem o inquilino.
    Livra!!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tenha dúvidas! Se estes fulanos se mantiverem no poder (Deus nos livre de tal coisa!!!) a segunda língua nas escolas deixa de ser o inglês para passar a ser o chinês...

      Eliminar
  3. já devem ter pensado nisso, Graça. :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O quê, com inquilino e tudo?! Aquele inquilino que os tem protegido de tudo?! Duvido....

      Eliminar
  4. Quanto ao Palácio de Belém, só devoluto... de outra forma nem "de GRAÇA"!...

    ResponderEliminar
  5. Uma vergonha.
    Quanto ao Palácio de Belém ... ninguém lhe paga com aqueles inquilinos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem os chineses, diz lá em cima o Pedro Coimbra....

      Eliminar
  6. Então não dava , um bataclam coma madame e o abre portas ...
    M.A.A.

    ResponderEliminar
  7. Quando acabarem de vender tudo... para onde é que "eles" vão viver?
    Para debaixo da ponte ou para um paraíso fiscal??? :)
    Boa semana, Gracinha.
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS
    O Palácio de Belém é difícil de vender, se incluir a múmia paralítica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também tu, Mariazita?!...... (Ainda bem!!!)
      Beijinhos

      Eliminar
  8. mas acha mesmo que o "Inquilino" tem comprador?

    beijo

    ResponderEliminar
  9. A culpa não é dos que tomam essas decisões, mas sim de todos aqueles que os conduziram ao poder e que os deixam continuar no poder. A culpa é um pouco de cada um de nós. Podemos inverter tudo isso nas próximas eleições!

    ResponderEliminar