quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

Piove, piove!

E porque o Inverno «deu em chuvoso», quem é capaz de se lembrar desta cançãozinha (tinha eu onze anos...) que tanto falava de chuva?




E desta sobre a neve, quem se lembra?




Amigos, lembrei-me apenas! Para cortar com o Natal. Nada de revivalismos!


9 comentários:

  1. Gracinhamiga

    Moça, deste-me, outra vez, uma facadela no pêto. Ê cá cantê as duas no Conjunto Académico do Liceu Camões (ou Lyceu, como ainda se pode ler no seu frontespício), mas tambeim o Torero e o Guarda chi Luna, guarda chi mare. o Tu veiò fá l'americano, a caravn petrol e o mambo italiano do Renato Carosone.

    Muito mais havera de dizeri, pois do Domenico tambeim cantê o Volare o Dio come ti amo e o Volare

    E entre mais outras recordo o Whwn the swallers came back to Capistano do Pat Boon.

    Nã sei mais o que te dizeri...

    Qjs

    ResponderEliminar
  2. Pelos vistos a chuva e o frio estão a incomodar mesmo! :(
    E quem não se lembra?!
    Só os jovens e "inconcientes"...:)

    Abraço

    ResponderEliminar
  3. Esta canção ainda se ouve em supermercados italianos!!!! Nao sabia quem a cantava.

    Quanto ao Adamo... bem o Adamo só mesmo os adolescentes/jovem adultos aqui deste continente é que não o conhecem! : )

    ResponderEliminar
  4. O Salvatori Adamo era da minha criação, o outro, o italiano, desconhecia-o completamente.
    Havia o Gianni Morandi, a coqueluche da raparigada: Non son degno di te!

    ResponderEliminar
  5. Claro que me lembro bem dos 2 , numa altura em que predominavam as canções italianas e francesas, sobre as de língua inglesa !
    ... E ainda bem que caia a chuva e a neve , mas não nos "nossos"amores! :)))

    Um abraço grande, Graça !
    .

    ResponderEliminar
  6. Claro que lembro mas muito mais tarde,nasci em Dezembro de 1956, quando vi televisão pela primeira vez tinha 13 anos.

    beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  7. É tempo de convívio, chocolate quente e lembranças, no calor aconchegante do lar...
    De preferência, junto de uma romàntica lareira...

    Beijinhos.

    ResponderEliminar