terça-feira, 7 de março de 2017

Foi há 60 anos.

Quem se lembra?



As primeiras vezes que vi televisão foi na esplanada em Algés. Via-se tão mal! Um aparelho enorme lá ao longe e toda a gente nas mesas a tentar ver e ouvir com a maior atenção. A imagem cheia de "grão" e com tantas interrupções... «o programa segue dentro de momentos».... 

Depois, já em Sintra, íamos ver televisão à Periquita (sim, a das queijadas e dos travesseiros deliciosos...)

Só em 59 ou 60 é que tivemos televisão em casa. Que luta para termos imagem! Que luta para orientarmos a antena... Mas, às nove horas em ponto, lá estávamos todos em frente ao aparelho - caixote enorme! - para ouvir o sinal de abertura e ouvir o telejornal.




19 comentários:

  1. Não me lembro, mas lembro-me da televisão a preto e branco!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só depois de 80 tivemos televisão a cores...

      Eliminar
  2. Lembro-me muito bem e aproveito para te dizer que a rtp tem feito uns programas muito giros se gostares vê o programa Inesquecível do Julio Isidro, passou no Sábado ás 23h e penso que durante esta semana há mais programação sobre os 60 anos, com curiosidades engraçadas.
    bjs

    ResponderEliminar
  3. Realidade distante que vivenciamos, mas hoje... vivas à tecnologia!
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade! Admirável mundo novo!!

      Bom dia da Mulher!

      Eliminar
  4. Só a vi pela primeira vez una 12/13 anos mais tarde.
    De mulher para mulher, deixo o meu abraço, neste dia que dizem é nosso.
    Feliz Dia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Elvira!! Bom(s) dia(s) para todas as Mulheres!

      Eliminar
  5. A primeira vez que vi TV foi em França, para onde os meus pais emigraram. Da RTP, as primeiras memórias que tenho são já dos anos 70 e das novelas brasileiras ( Gabriela) que apanhava quando vinha de férias.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Excelentes as primeiras telenovelas passadas na RTP!! Gabriela, O Casarão...

      Eliminar
  6. Tinha eu um ano e picos...
    Não me lembro
    Kis :=}

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh pá! Vocês são muitos novinhas... eh eh eh...

      Kiss, kiss...

      Eliminar
  7. Tenho uma vaga ideia dos primórdios da RTP.
    Parabéns, todos os dias, pela mulher que é.

    ResponderEliminar
  8. lembro da ida à lua
    e da bica no "Piolho", em Coimbra,
    que dava para o serão... rss

    beijo, Mulher

    ResponderEliminar
  9. Cara Amiga e parceira de ofício Graça Sampaio.
    Aqui em São Paulo a primeira transmissão televisiva aconteceu no dia 18 de setembro de 1950, na extinta TV Tupi, então sintonizada no Canal 3, que passou - depois - para o Canal 4. Na rua que morava, na minha cidade de nascença, Santo André, minha família foi a primeira a ter um aparelho de televisão, no ano de 1957, quando eu tinha 4 anos. Naquele tempo da Maria Cachucha as transmissões televisivas eram de poucas horas diárias, logo que as sombras da noite se aproximavam. No reino também teve os televizinhos? Em casa recebíamos os vizinhos mais próximos que não tinham televisão. Lembro uma vez uma vizinha muito querida, a saudosa Dona Dirce, que morreu no parto com o 2º filho. O desolado e saudoso Sr. Neno nunca mais casou e era um pai extremoso da órfã primogênita. Pois bem, numa das noites que recebíamos os televizinhos, adormeci no colo da Dona Dirce e sabe o que aconteceu, quer saber mesmo? Antes, três minutinhos para os reclames:
    https://www.youtube.com/watch?v=k1TIQvCqnkA
    https://www.youtube.com/watch?v=yfCCaFLDhAY
    https://www.youtube.com/watch?v=KKZXnVZaTjI
    Urinei no vestido da Dona Dirce...
    Será que preciso dizer que depois que a Dona Dirce foi embora, com o vestido mijado, levei reiterados beliscões da minha saudosa mãe, a Sra. Matilde Pinheiro de Oliveira (1923-2008?
    Graça, lembra que os primeiros aparelhos de televisão tinham válvulas enormes, que demoravam para esquentar e tinham um odor inconfundível?
    Eu era tão parvo ( continuo a ser), que quando os apresentadores diziam boa noite - eu respondia - e achava que eles me viam.
    Saudades:
    - da primeira versão televisiva do Sítio do Picapau Amarelo (1951-1962).
    - Cirquinho do Arrelia.
    - Pim Pam Pum.
    - Capitão Sete.
    - Histórias Maravilhosas Bendix.
    - Lanceiros de Bengala.
    - Lassie.
    - Ivanhoé.
    - Rin-Tim-Tin.
    - Além da Imaginação.
    - Quinta Dimensão.
    - Papai Sabe Tudo.
    - Aventuras Submarinas.
    - Pimentinha.
    - Mister Ed.
    - Pulman Junior.
    - As Aventuras do Eduardinho.
    - Mosaico na TV.
    Por Chronos, como o tempo urge, porque parece que foi ontem que eu era um petiz sonhador e nem piscava, quando depois que esquentava, a televisão me deixava mais sonhador.
    Max, traga meus sais centuplicado diluídos numa xícara de memória televisiva.
    Caloroso abraço. Saudações saudosas.
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

    PS - Já que trouxe à baila a Maria Cachucha espero que aprecies este vídeo:
    Saudações terspsicoreianas.
    https://www.youtube.com/watch?v=r3A3cvF_DY4

    ResponderEliminar