domingo, 18 de setembro de 2016

Folio - Festival Literário de Óbidos



Tem início no próximo dia 22, 5ª feira, e prolonga-se até ao final do mês a segunda edição do Festival Literário Internacional de Óbidos, este ano subordinado ao tema Utopia, em homenagem aos 500 anos de Sir Thomas More. Outras datas, porém, são consideradas como os 400 anos da morte de Shakespeare e de Cervantes, os 500 anos da morte de Bosch, os 100 anos da morte de Mário de Sá-Carneiro, os 100 anos do nascimento de Vergílio Ferreira...

A programação é riquíssima abrangendo diversas áreas artísticas desde a música ao cinema, às artes plásticas e à fotografia e da leitura à representação  e, naturalmente, a literatura. 


O festival contempla várias secções: o Folio Autor, da responsabilidade do escritor José Eduardo Agualusa. Estarão presentes autores brasileiros, angolanos, espanhóis, e muitos, muitos autores nacionais. As estrelas parecem ser o Nobel da Literatura 2001 V. S. Naipaul e Salmon Rushdie. 

O Folia, que é o “braço festivo” do festival, trata das artes em geral: música, fotografia, artes plásticas, cinema e recitais, e tem a também a seu cargo aulas de Utopia nas quais são estudados variadíssimos autores de entre os quais Camões, Pessoa, Saramago, Vergílio Ferreira, Ruy Belo, Shakespeare, Brecht…

O Folio Educa que lembra o valor da Literatura, da Leitura e da Literacia na Educação em sete dos treze dias do festival, integrando Oficinas para crianças e jovens alunos do ensino básico e secundário, Tertúlias para debate e reflexão dos educadores, bibliotecários, pais, e outros interessados, e Formação creditada para professores.

Vai haver exposições, feiras de livros e de alfarrabistas e abertura de novas livrarias.

A novidade é o comboio literário que parte de Lisboa no dia 22, às 10.25, e que regressa de Óbidos para Lisboa às 00.30. Ótimo para quem quer assistir à abertura do festival sem preocupações de levar carro. (10 euros ida e volta) Durante a viagem haverá leituras de poesia e prosa e, no regresso poderá lá adquirir o novo livro do Harry Potter.

De entre todos os eventos programados – e são muitos – as minhas escolhas vão para:

Dia 23, às 15.00, Hélder Macedo a falar sobre Camões;  e às 22.30, Concerto intimista de Sérgio Godinho com Filipe Raposo e Rui Horta;

Dia 24, às 11.00, José Gil fala sobre a utopia em Fernando Pessoa; e Feira de alfarrabistas;

Dia 26, às 15.00, Eduardo Lourenço fala sobre Vergílio Ferreira; e às 17.00 Filme a Balada da Praia dos Cães, apresentado por Ana Margarida de Carvalho.

Dia 27, às 15.00, Fernando Cabral Martins fala sobre Mário de Sá-Carneiro.


Façam as vossas escolhas aqui e, se puderem, vão até lá! 

18 comentários:

  1. Excelente o programa! Verdade!
    A pouco mais de uma hora cá da cidade
    Mas... o que me falta é a compreensão
    por quê não fazer acontecer em fim de verão?

    (se todas as aulas terão iniciado em 19 de setembro
    por que não programar o comboio literário mais cedo?
    Será que os frequentadores das universidades séniores vão adquirir o tal livro do "jovem feiticeiro"?)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No tempo de aulas é que se pode - e deve - levar as turmas a eventos destes e de outros! Além disso, os festivais de verão são mais de índole musical enquanto este é mais cultural.

      Eliminar
  2. Oficinas para crianças? É bom. Se os professores organizarem visitas o que não será decerto o caso já que ocorre quase no inicio de aulas.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mesmo assim, se estiverem ali por perto, até vão poder ir. E deviam!

      Beijinho.

      Eliminar
  3. Uma excelente iniciativa que não conhecia.
    Beijinhos, boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois! Aí tão longe, é impossível ter conhecimento de tudo... Por isso estou eu (e muitos outros) aqui...

      Beijinho

      Eliminar
  4. Um programa riquíssimo na verdade, Graça. Tenho pena de não poder participar.
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não se pode ir a todas... mas é pena.

      Beijinho, Graça.

      Eliminar
  5. Um evento excepcional recheado de programas culturais qual deles o melhor.
    Até V.S.Naipaul o Nobel da Literatura, vai estar presente.
    Muito eu gostaria de poder lá estar no dia 22 em Óbidos...mas não posso, infelizmente, Graça!

    Vai tu e depois conta-nos como foi.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vamos ver se consigo ir pelo menos um dia.Se for, conto tudo claro!

      Beijinhos.

      Eliminar
  6. Tentador! Um programa magnifico.

    Beijinho Graça, boa semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lá isso é! Pegas no teu «folha seca», metes-te no comboio e aí vão vocês...

      Beijinho.

      Eliminar
  7. Amiga Graça, uma excelente partilha, vou tentar ir, talvez no sábado.

    Um beijinho e boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E fazes muito bem, Fê! Eu gostava de ir no sábado ouvir o José Gil, mas não posso. Talvez vá no domingo.

      Beijinhos literários...

      Eliminar
  8. Grande festival de cultura!
    Uma maravilha!
    Lamento muito não poder apreciar ao vivo.
    ~~~ Beijinhos ~~~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acredito que vai ser muito bom, mas é como digo lá em cima: «não se pode ir a todas»....

      Beijinhos culturais.

      Eliminar
  9. É pena não ficar mais em caminho... Mas grata pela informação! :)

    ResponderEliminar
  10. Gostava de lá ir mas não vou.
    Tenho apenas pena. As penas têm-nas os...
    Fico-me por aqui.
    Bj

    ResponderEliminar