terça-feira, 10 de março de 2015

Menino do Rio

























Vi a fotografia do miúdo no jornal e chamou-me a atenção. Ladino, sorriso franco e aberto, correndo pela praia e depois li a história. Petit, o surfista loiro, o jovem a quem as garotas de Ipanema chamavam de mel, o “dragão tatuado no braço, calção corpo aberto no espaço” inspirou a belíssima canção “Menino do Rio” de Caetano Veloso (1977), tema da novela Água Viva.


Diz quem sabe que Petit (José Artur Machado) «ficou eufórico quando ouviu o tema que lhe foi dedicado e consagrado na voz de Baby Consuelo, de João Gilberto e do próprio Caetano Veloso.» Mas, «rebelde em excesso, o mel das garotas de Ipanema não soube crescer, envolveu-se com drogas e sofreu um acidente em 1987 que deixou o lado esquerdo do seu corpo paralisado. Os médicos diagnosticaram um longo período de recuperação, mas Petit não suportou ficar longe do mar, da energia solar que o transformou em mito. Cometeu suicídio aos 32 anos em seu apartamento em Copacabana com uma faixa de judô há exatos 25 anos.» (6 de Março)

Fica aqui a versão original de Baby Consuelo e depois uma outra pelo próprio Caetano com Maria Gadú. 

Ambas lindas! De qual gostarão mais?






  


(Fontes e fotos do DN e daqui.)

22 comentários:

  1. Assisti ao show do aniversário do Rio de Janeiro, onde Caetano e Baby cantam juntos essa música! Ficou perfeito: vozes / orquestra / interpretação! Adorei!
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que sorte, Célia, assistir ao vivo!!!! Invejinha....

      Eliminar
  2. Nesse tempo (Agua Viva) eu até via novelas. :) É muito bonito este tema,mas não conhecia a história do "menino".
    Gosto da duas versões.

    ResponderEliminar
  3. Não conhecia a história nem a canção. Talvez prefira Veloso.

    ResponderEliminar
  4. Conheço a canção, gostei de ouvir a original, mas gosto muito de Caetano, não conhecia a história, era tão jovem, é triste terminar assim.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Não conhecia a história, triste, do menino do Rio, que inspirou a canção, mas lembro-me bem da novela "Água Viva" da música e letra da canção!
    Que pena!

    Gosto das duas versões, mas a minha paixão pela voz de Caetano Veloso, prevalece!

    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  6. Um verdadeiro TDB!!! Hehehe
    Eu ainda não conhecia a história...
    Bjus mil

    http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom, Lily, que ensinei algo do Brasil para você.....
      Beijinho

      Eliminar
  7. Adoro Caetano mas também gosto da suavidade da voz da Baby... fico com as duas versões kkkk. Bjs

    ResponderEliminar
  8. É assim, às vezes há futuros que nos parecem tão promissores e não o são. Em contrapartida, outros apostamos que não dão em nada de bom e enganamo-nos redondamente. Mas enfim, mais não seja, inspirou uma linda canção...

    Beijocas

    ResponderEliminar
  9. Gosto de ambas mas prefiro "A garota de Ipanema", onde é que está o problema?
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tudo bem, Rui... Não nos zangamos por isso... A garota de Ipanema é uma coisa liiiiiiiiiiiiiiiiiiiiinda......

      Eliminar
  10. uma história com contornos de conto lendário, onde o desfecho trágico é decidido pelo destino do menino
    abraço
    Angela

    ResponderEliminar
  11. Não conhecia a história nem a canção mas prefiro ouvi-la na voz do Caetano. O que aqui se aprende, Graça.Obrigada.

    ResponderEliminar