quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Descubra as diferenças!



No 5º ano da Escola Comercial, nos inícios dos anos de 1960, foi numa visita de estudo a Guimarães e tratou de tirar uma fotografia junto à estátua do Fundador.

Diz quem sabe que o professor de História terá dito, irónico, ao vê-lo, feliz e em pose: "Dois conquistadores"...


No sábado, passámos lá e repetiu-se a cena - mas agora sem o professor de História...




Agora, podem assinalar as diferenças...

11 comentários:

  1. Não noto diferenças, apenas continuidade. A seguir ao Conquistador veio o Povoador...
    :)

    ResponderEliminar
  2. Um continuo espaço-temporal...Nada muda,apenas nós...

    ResponderEliminar
  3. Parece que a estátua não está no mesmo sítio...não se vêem ameias em baixo, há muitos mais árvores,há duas placas comemorativas na base onde o S.pousou outrora e o S. agora está em baixo e nos anos 60 trepou para a tal base...

    ResponderEliminar
  4. Estimada Amiga Carol,
    É bem verdade a vida continua, e as diferenças se fazem notar de uma forma bem significativa.
    Na primeira foto, a preto e branco o senhor professor era um jovem, na segunda foto, já colorida, pode ver-se as marcas do tempo, e tudo o vento levou, digo o cabelo, mas continua hovem, nesse local encantador berço da portucalidade.
    Por essa altura ano de 1960s já eu andava cá por este oriente.
    Abraço amigo

    ResponderEliminar
  5. Oi, amiga, eu sigo o teu blog, mas as atualizações são de uma moça de Portugal, que usa o meu link para aparecer,já fui lá falar com ela , e me disse que não ia fazer nada, ela tem dois links
    Obrigada, eu olhei as fotos e não entendi bem, a diferença, mas vi que exitem pode ser o tempo que modificou. Aqui no Brasil, tem o Cristo Redentor, eles já fizeram acertos na estátua, porque o tempo vai modificando.
    Bem, não sei se falei certo, mas depois me diz.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  6. hello Carol,
    costumo dizer que o tempo só faz colocar uma lente de zoom nas diferenças, seja em qual assunto for, e eis que sua foto prova minha tese!
    kisses
    Paty

    ResponderEliminar
  7. Tempo eis a grande diferença! A tecnologia pontuada na foto de ontem e na de hoje! A vegetação. E a arquitetura que está ou escondida pela vegetação ou modificou-se também! Bela proposta a sua!
    Abraço, Célia.

    ResponderEliminar
  8. A máquina é melhor, o marido engordou e tem mais uns aninhos, deste uns passos à esquerda e atrás para esconder as ameias, tem mais 2 lápides na base da estátua e 2 na parede (talvez não antes), mais arvoredo agora embora sem os ciprestes antigos.
    :))))
    .

    ResponderEliminar
  9. Claro que reconheço as diferenças. A segunda está muito melhor. Sejamos positivos e pensemos que tal como o vinho do Porto quanto mais velhos melhor.

    ResponderEliminar
  10. As principais diferenças: numa falta o chapéu, na outra a barriga :-)

    ResponderEliminar
  11. Os vossos comentário foram todos bastante amáveis, mas, de facto, o mais certeiro foi mesmo o da MV...

    ResponderEliminar