domingo, 3 de dezembro de 2017

Arte popular

Já em jeito de Natal, hoje deixo aqui algumas imagens da exposição de presépios e figuras afins que teve lugar no átrio da nossa Biblioteca Municipal.

Não temos a Rosa Ramalho, mas temos a Lena do Zé Riscado que também tem mão para o barro.



















(São José)




(O Anjo Gabriel e Maria)


(Santa Ana, a mãe de Maria)


(São Joaquim, o pai de Maria)

E, por fim, a artista a trabalhar no seu espaço.




9 comentários:

  1. muito expressivas as imagens!
    respiram uma certa "inocência" encantadora

    beijo, minha amiga

    ResponderEliminar
  2. Tem um ar simpático, a artista!
    E as mãos não são as da Rosa Ramalho, claro que não, são as dela.
    Gostei muito destas pequenas esculturas de figuras bíblicas.
    Uma bela exposição! Está de parabéns a Dona Lena do Zé Riscado.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. Conheci quem fizesse colecção de presépios.
    Todos muito bonitos, por sinal.
    Boa semana

    ResponderEliminar
  4. Para que nunca se perca a tradição do presépio .

    Beijo e uma excelente semana

    ResponderEliminar
  5. Bom dia. Sempre imagens gratas de olhar
    .
    Deixo cumprimentos poéticos
    .

    ResponderEliminar
  6. Os habitantes bíblicos estão prontos para ocupar os presépios.
    bjs

    ResponderEliminar
  7. Que bonito!!!
    Excelente iniciativa, quanta arte temos por aí por divulgar.
    Parabéns, amiga, pela divulgação.
    Um grande abraço

    ResponderEliminar
  8. Que grande colecção ! ... Enorme variedade, Graça !
    Uma arte fantástica de verdadeira mini esculturas !

    Abraço, a cheirar a Natal :)

    ResponderEliminar
  9. A baterista mostra uma arte mesclada de ingenuidade e expressividade. Valerá uma visita atenta. A Graça fez a reportagem com esmero, sem pieguice, o que é bom.
    O Natal já está entre nós, mas não pode passar apenas pelo negociata agressiva do comércio.
    Qto. ao poema do Mundo, não irei justificar-me. Penso que não me cabe esse papel. Direi apenas que se trata de uma condição comum. Espero e agradeço os comentários que os amigos ou leitores entendam fazer.
    Bj

    ResponderEliminar