quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Imagens da cidade velha

Imagens de um breve passeio pela parte velha da cidade. Num primaveril dia de Sol e de céu azul a um mês do Natal...




























Espero que tenham gostado da voltinha por Leiria, a velha.


23 comentários:

  1. Gostei imenso!
    E por acaso gosto imenso de fotos de portas e de janelas!

    Belo passeio.
    Então a foto do final está um must! Será que "nirvana-me" quererá dizer "leva-me ao Nirvana"!?!
    Se for... é uma proposta/pedido muito interessante! :D

    Beijinhos do Olimpo
    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deve querer dizer isso mesmo, nossa deusa lá do Olimpo...

      (Também gosto muito de portas e de janelas; especialmente as mais antigas.)

      Beijinhos terrenos...

      Eliminar
  2. Maravilha de arquitetura! Relíquias, muito bem conservadas! Adorei o passeio!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  3. Adorei o passeio, Graça, foste a tempo, agora chove a potes.
    Gosto imenso de portas antigas e com entalhes, de buganvílias a cair pelos muros e dessas ruas estreitinhas e tão típicas.
    Afinal, vives numa cidade cheia de encantos, Gracinha.

    Beijinho e agora toca a recolher, o Inverno começou a bater-nos à porta e vamos lá abri-las de par em par. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, a cidade é muito bonita, o pior é a gente que cá vive... eh eh eh eh...

      Eliminar
  4. Gosto de me perder nestes becos e ruelas.
    Bjs

    ResponderEliminar
  5. Bom dia. Fotos de uma cidade carregada de histórias. Adorei

    Hoje o título:-[ Janela aberta, esperança que chega...]

    Bjos
    Feliz Quinta-Feira

    ResponderEliminar
  6. Maravilhosas imagens e quantas histórias por lá passaram. Amei

    Beijos e um dia feliz

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. E nesse caminhar ... vieram contigo belos postais!!!bj

    ResponderEliminar
  8. Gostei muito, Graça ! :)
    Procurei não fazer barulho ao passar pelo gato ensonado ! ... mas que estranha forma de equilíbrio eles têm ! eheh

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi o mesmo que eu fiz, Rui...

      Obrigada pela visita e pelo feliz comentário...

      Eliminar
  9. Há muito que por lá não vou e estas fotografias, estupendas, pelo que transmitem e pela arte com que estão feitas, meteram-me no corpo passarinhos que até lá querem voar...
    Obrigado por aproximar-me a Leiria e aos tempos que ia pela Pensão Ramalhete, hoje Hotel.
    Abraços de vida, querida amiga.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tão vintage, a Pensão Ramalhete com aquele bar lá no último andar... Gostava muito de lá ir. Agora já não tem nada a ver.

      Retribuo esses poéticos "abraços de vida"...

      Eliminar
  10. e bom "flanar" por Leiria.
    em tempos acontecia com frequência.

    beijo

    ResponderEliminar
  11. Foi nessa Leiria Velha que vivi durante três meses em 1976, Graça. Confesso que a nova só conheço de passagem e já não paro em Leiria há uns bons 15 anos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nesse ano, já eu cá vivia... contrariada, mas enfim... A parte nova nada tem de especial comparada com a área da antiga judiaria.

      Eliminar
  12. Eu gostei e muito. Um dia volto lá.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E diga-me para eu ir ao seu encontro...

      Beijinho.

      Eliminar
  13. Obrigada, amigos, por terem gostava de ver a "minha" cidade velha.

    Beijinhos gratos.

    ResponderEliminar
  14. Ainda há pouco tempo andei por essas ruas, o que não fazia há séculos. Normalmente não ultrapasso da Direita. Gosto de escutar, de imaginar a vida naqueles cantos e recantos em tempos recuados.
    A surpresa surge-nos pela frente, por bons e maus motivos, que tem a ver com o abandono e recuperação de alguns espaços.
    Depois há aberrações que eu não consigo compreender, por exemplo, aquele edifício por detrás da Igreja da Misericórdia. Quando por lá passo, estranho o volume e a arquitectura.
    Bj.

    ResponderEliminar