quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Vejam como se dança!

Decerto dos melhores pares de bailarinos de sempre - Fred Astaire e Ginger Rogers - fizeram os encantos da Broadway e dos cinéfilos dos anos 30 e 40 do século passado. 

Este vídeo, que me apareceu no facebook pela manhã, exibe-os numa interpretação de 1935 da lindíssima canção Smoke gets into your eyes composta em 1933.




A canção teve vários intérpretes ao longo dos tempos, mas a mais bela - na minha modesta opinião - é a dos Platters gravada em 1958. Que vozes!





17 comentários:

  1. Sabes o que fiz , Graça?
    Pus os The Platters a cantar e a Ginger Rogers e o Fred Astaire a dançar! Uma delícia.
    Um bálsamo para o stress.... Os meus ombros pareciam pedaços de madeira . de tão tensos. Vou repetir a dose, tantas vezes quantas forem precisas para me sentir em total relax!

    Bem.hajas por esta preciosa terapia relaxante!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora ainda bem que deu para te animar, Janita.

      Beijinhos.

      Eliminar
  2. Lindos os vídeos. Que talento em ambos!

    ResponderEliminar
  3. O que eu aqui vim encontrar!!
    A elegância ímpar de Fred Astaire, a melodia inolvidável de Smoke Gets in Your Eyes.
    Beijinhos, bfds

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que gostou, Pedro.

      Beijinhos e bom fim de semana.

      Eliminar
  4. Que leveza de Ginger Rogers e o Fred Astaire!
    Também gosto mais da interpretação dos The Platters.
    Obrigada, Graça por este momento lindo.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  5. ~~~
    ~ Estrelas de primeira grandeza, brilham sempre com intensidade...

    ~~~~ Beijinho ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  6. Concordo plenamente com a tua opinião, Graça !
    Que fantástica boa recordação a daquele par de uma leveza inigualável ! Parecia que os corpos não tinham peso !
    ... e a interpretação dos Platers, Fantástica ! ... Duas grandes boas recordações !
    :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A «rapaziada» do nosso tempo bem que se "babava" com os Platters, Rui! Que bem cantavam e que canções lindas!!

      Beijinhos

      Eliminar
  7. Concordo plenamente com a tua opinião, Graça !
    Que fantástica boa recordação a daquele par de uma leveza inigualável ! Parecia que os corpos não tinham peso !
    ... e a interpretação dos Platers, Fantástica ! ... Duas grandes boas recordações !
    :))

    ResponderEliminar
  8. Leveza e elegância numa bela dança. Gostei imenso. A interpretação da canção também uma maravilha.
    Um abraço e bom fim de semana
    http://6feira.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. Tantos filmes vi com o Fred Astaire e a Ginger Rogers! Adoro.

    ResponderEliminar
  10. Dá-me a impressão que naquela época o sonho voava mais alto!
    A arte do movimento fazia-se numa harmonia e leveza inimitáveis e as melodias tinham o encanto das coisas simples.

    Boa noite.

    ResponderEliminar