sábado, 22 de março de 2014

No rescaldo do Dia da Poesia...

No rescaldo do Dia da Poesia deixo-vos aqui um exemplo da vivacidade da poesia alentejana...

Espero que apreciem!



17 comentários:

  1. Esse poema é muito mais longo. Não deixo de rir sempre que o leio.

    ResponderEliminar
  2. Subiste a um ecaliptre
    Eu a um chaparro subi
    Malhaste cus cornos no chão
    Cus os cornos no chão nâ malhi

    ResponderEliminar
  3. Afinal o home está a dormir a sesta à sombra do ecaliptre, nã se vê galhos no chã. A quadra tá errada, alantejano nã sobe a acaliptre.

    ResponderEliminar
  4. è uma maravilha, mas eu conheço mais deste poema, ou talvez esteja a fazer confusão.

    Beijinho e uma flor

    Agora parece que o que publico não aparece nos blogues dos meus amigos, isto anda tudo doido.

    ResponderEliminar
  5. A poesia é a veia da vida do povo alentejano ao longo de toda a sua história!!!

    ResponderEliminar
  6. Estimada Amiga Graça Sampaio,
    Como alentejano que ainda me considero e aprendiz de poeta, adoro sempre estes belos poemas de meus comprades.
    "Mandei uma pedra rolando e à tua porta foi parar, se tivesse mandado com mais força mais longe ia parar".
    Abraço amigo

    ResponderEliminar
  7. ~
    ~ Concordo com o Agostinho, não é um canto do repertório tradicional alentejano.
    ~ Seria uma azinheira sem idade?
    ~ Ou um juvenil chaparro?
    ~ Mas o Alentejo não tem sombra, senão a que vem do céu! ~

    ResponderEliminar
  8. Ahahahah!

    Tinha mais inspiração que força nas pernas.

    Um abraço e bom Domingo

    ResponderEliminar
  9. ahahah ... Claro que apreciei ! ... Os alentejanos são fantásticos por si próprios e pela perfeita aceitação de todas as brincadeiras do género ! ... e só as temos porque eles merecem esse nosso carinho!

    Bj e bom resto de Domingo, Graça ! :))
    .

    ResponderEliminar
  10. Eheheheh!
    Adorei querida Graça. :))
    Um beijinho e resto de bom domingo.

    ResponderEliminar
  11. A prova de que os alentejanos nã se chatêam nada com as piadas é que eles próprios as contam e inventam.

    Vejam lá o amigo Cambeta que respondeu logo!...

    ResponderEliminar
  12. Ah ah ah ... Que bom chegar aqui e dar logo de caras com a boa disposição. :)

    ResponderEliminar