domingo, 25 de agosto de 2013

Sereias


Encontrei esta imagem extraordinária na página do Vintage Point no facebook. Podia ter-me lembrado do episódio de Ulisses e do canto das sereias na Odisseia mas, muito pouco culturalmente, lembrei-me antes de uma anedota que a minha amiga Telma me contou no nosso primeiro ano de faculdade e que achei o máximo. De referir que somos - ou direi «fomos» - de Germânicas...

«Dois amigos ingleses estavam sossegadamente a pescar à linha no sereno Mar do Norte. 

De cada vez que um conseguia que um peixe mordesse o isco, fleumaticamente o desenganchava, analisava-o friamente de alto a baixo e atirava-o para o respetivo cesto.

Ora a certa altura, um deles sente um grande esticão na linha, esforça-se por puxá-la para fora e confronta-se com uma bela e esbelta sereia.

Olha-a de alto a baixo e fleumaticamente desengancha-a do anzol e devolve-a ao mar. 

O amigo, visivelmente escandalizado, pergunta-lhe:

- Why?!

Ao que o sortudo amigo responde com um certo ar de enfado:

- Where?!


Boa semana!

13 comentários:

  1. Estimada Amiga Graça Sampaio,
    Muitos foram os anos que no mar andei, muita coisa me foi dava a ver, porém sereias essas muitas salvei, mas sereias bem diferentes, vindas a nado da R.P.China, e hoje quando por elas passo na rua, elas me olham com ar feliz e me cumprimentam.
    Sereias reais nadando para a liberdade.
    Abraço amigo

    ResponderEliminar
  2. Só uma coisa me irrita
    Numa sereia bonita
    É aquele extraordinário
    Fedor a chicharro

    ResponderEliminar
  3. boa pergunta!
    Boa semana Graça com ou sem sereias.

    beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  4. http://www.youtube.com/watch?v=IMJswsqlZig

    ResponderEliminar