quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Para que não nos esqueçamos

Faz hoje 70 anos que nasceu a Polícia Internacional e de Defesa do Estado. A 22 de Outubro de 1945 o Decreto-Lei n.º 35 046 dava "corpo" à PIDE, que foi braço direito do regime. 


Em 1969, passou a ter o nome de Direção-Geral de Segurança, continuando a ser conhecida por PIDE/DGS. Segurança não das pessoas, mas do regime e, para isso, escutava, prendia sem julgamento, torturava, exilava e matava - não esquecer o assassínio do General Humberto Delgado em 13 de Fevereiro de 1965.





(daqui)

26 comentários:

  1. O meu Avô materno, republicano de 4 costados, foi preso 35 vezes pela PIDE no Aljube, https://pt.wikipedia.org/wiki/Cadeia_do_Aljube


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 35 vezes?!!! Imagino o que por lá sofreu!! O Aljube ainda do tempo da PVDE (a pevide, como lhe chamavam.) Muito mau!!

      Eliminar
    2. Foram mesmo 35 prisões políticas ! Nas últimas vezes era mesmo somente para o atormentar, para ele dizer quem eram os outros. Ele nunca fez isso !

      Eliminar
  2. É uma parte tão negra e vergonhosa da nossa História, que nem vou comentar, Graça!

    Noite que não passe pelo teu blog, não é noite - nem dia - para mim!

    ( só para aligeirar digo à moda da minha terra: "Gosto disto e de ti, porra!" )

    Hoje, passo, mas fico por aqui! Sorry!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Janita, comoveste-me, porra!!!!
      Não mereço as tuas palavras, porra!

      Mil obrigadas pela tua simpatia. Beijinhos amigos.

      Eliminar
  3. Infelizmente parece que há por aí muita gente, que não sabe, ou não quer saber o que foi essa época.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que não quer saber e que nem quer que se fale nessa realidade tão negra.

      Beijinhos

      Eliminar
  4. Importante.
    Para que a memória não se perca.
    Abraço, Graça.

    ResponderEliminar
  5. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  6. Uma memória amarga mas que não pode ser apagada.
    Muito menos esquecida.
    Beijinhos, bfds

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A nossa História faz parte da nossa identidade, não é, Pedro?!

      Bom fim de semana.

      Eliminar
  7. "O julgamento dos Padres do Macúti" ( sobre os massacres de Mucumbura) Beira, Moçambique. Era este o título do livro que, em Janeiro de 1974, me foi apreendido pela PIDE, em Lisboa, na sequência de uma denúncia anónima de um qualquer meu "amigo".Ao ver agora as fotos do exterior, relembro as duas vezes que subi as escadas para o respectivo inquérito, dactilografado por um funcionário e um outro servindo de supervisor. Felizmente, 3 meses depois, tudo se acabou...
    Os meus cumprimentos, Graça,
    Manuel Tomaz

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo seu testemunho, Manuel Tomaz.

      Bom fim de semana.

      Eliminar
  8. A memória é curta amiga Graça.
    Fizeste muito bem em destacar este dia até porque há muito boa gente que já esqueceu o que ela fazia.

    Um beijinho e bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não podemos esquecer a nossa História, Fê!

      Beijinhos e bom fim de semana.

      Eliminar
  9. Como podemos esquecer esses tempos de cinza? Mas é muito pedagógico lembrar aos que não passaram por isso e aos mais "esquecidos"...
    Um beijo, Graça

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "esquecidos", ou que se fazem esquecidos...

      Beijinho

      Eliminar
  10. E, pelos vistos, há uma vontade de que muitos voltem a ser silenciados e excluídos das decisões deste paía.

    Beijinhos, Graça. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que é muito assustador na nossa jovem e débil democracia.

      Beijinhos

      Eliminar
  11. Para aqueles que "pensam" que o mundo só começou há uns 10 a 20 anos, é bom que saibam destas coisas, que saibam da possibilidade concreta de puderem ser presos só por pensarem.
    A história não pode nem deve ser ignorada sob pena de não sabermos quem somos nem para onde caminhamos.
    Porque o futuro começou ontem...
    Beijo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso mesmo, Kok. E com um enorme sorriso!

      Beijinho

      Eliminar
  12. ~~~
    ~ Quem vivenciou essa época de trevas - dias de terrível perseguição, que exercia não apenas feroz coação sobre o direito à livre expressão, mas também premiava vilmente a delação, a intriga e a traição - jamais pode esquecer.

    ~~~ É muito louvável que se transmita o testemunho.

    ~~~~~~ Beijinhos. ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Majo, pelas tuas palavras.

      Bom fim de semana.

      Eliminar
  13. É bom recordar a nossa história recente e perceber o submundo de certas políticas repressivas.../...

    ResponderEliminar
  14. É bom não deixar esquecer, porque devia ser obrigatório nas escolhas
    ensinarem isso aos jovens.
    Mas também compete aos pais.
    Bj.
    Irene Alves

    ResponderEliminar