quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Histórias da minha rua (8)

O neto da vizinha tem capacidades, muito boas capacidades, mas gosta pouco de estudar e por isso veio para cá, já no 6º ano, para um estudo acompanhado no âmbito das minhas disciplinas – Inglês e Português. Hoje, já no 10º ano, continua a vir cá estudar comigo.

Ora eu tenho uma sala destinada a receber os alunos que vêm cá estudar comigo e que, de facto, poucas mudanças tem sofrido ao nível do mobiliário: a mesa e as cadeiras que eram de estilo inglês e portanto muito frágeis para o efeito, foram mudadas por um outro conjunto mais resistente e pouco mais.

Um dia destes, o neto da vizinha, fixando as paredes, perguntou: «Será que pode mudar estes quadros que estão nas paredes?» E eu: «Mas porquê, não gostas deles? São tão bonitos!» «Não – diz ele – a questão é que já estou farto de olhar para as paredes e ver sempre o mesmo. Estou farto de ver aqueles peixitos, sardinhas ou lá o que é…»








(desenhos da nossa amiga Clotilde Fava)

28 comentários:

  1. Talvez o rapaz mudar de lugar ou deixar de olhar para as paredes e olhar para os livros

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso era o que eu queria, que não consigo que ele decore os auxiliares do present simple, do past simple e do present perfect....

      Eliminar
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  3. Olhe, esses garotos sempre com as suas que nos fazem rir, ou pensar mesmo! Recordo-me que, certa vez, também, me desfiz de quadros (nenhuma obra de arte...) por me cansar em vê-los!!
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois... mas eu não vou desfazer-me dos quadros, até porque gosto bastante deles. E o menino, se não estiver bem que se mude... eh eh eh...

      Eliminar
  4. Ahahahahahahah. Uma professora ainda acha mais graça! Tão concentrados no estudo que eles são! :)

    Beijinhos, Graça. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quarenta e tantos anos de comentários desta género dão-me cá uma élan, que nem queiras saber.....

      Beijinhos

      Eliminar
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  6. Esqueci-me de dizer que eu gostei dos peixinhos, sardinhas, ou lá o que é!

    ResponderEliminar
  7. Já sabes, Graça! Tens de mudar as telas da Clotilde Fava para outra sala e na saleta onde estudas com a rapaziada, colocar quadros de Miró ou Salvador Dalí...

    Pode dar-se o caso que o neto da tua vizinha até saiba o que é!!

    Gente com boas capacidades de concentração e aprendizagem, têm um nível superior de avaliação artística...

    Beijinhos, abraços...ou lá o que é!!

    ( O que eu gostava de saber qual foi a tua resposta, ó Graça! )

    :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sabes, Janita, ao fim de 40 e muitos anos de comentários deste calibre e de outros, o melhor comentário é o sorriso: eles acham piada e eu furto-me a moralismos para os quais não tenho a menor vocação... Habituei-me a entrar nas suas brincadeiras - desde que educadas - e dei-me sempre bem com eles...
      Beijinhos ... ou lá o que é... eh eh eh...

      Eliminar
  8. Respostas
    1. Bom, nem queira saber, Pedro ....Mas estou por de mais habituada...

      Beijinhos, ou lá o que é...

      Eliminar
  9. Desenhos muito lindos!! Sim,no meu cantinho irão haver postagens interessantes,algumas sim,outras não,depende dos vossos gostos!! Por falar nisso,já fiz nova postagem,beijinhos fofinhos!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Sandra. Irei lá espreitar...

      Beijinhos

      Eliminar
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  11. ~~~
    ~ Uma fase de grande fixação em peixes e indígenas de África.
    ~ Estudos originais que cumpriram o objetivo impressivo...

    ~ A apreciação do jovem inteligente terá pouco sentido artístico,
    mas é de uma frescura e candura muito interessante.
    ~~~~~ Bjos ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ~ Queria dizer 'muito interessantes'.

      Eliminar
    2. São muito «fresquinhos» estes pequenos «bandidos»....

      Beijinhos, Majo.

      Eliminar
  12. É muito corajoso o seu aluno de estudo acompanhado!

    Podemos fazer uma ideia, das inúmeras vezes que teve vontade de lhe falar disso e não teve coragem tendo em conta que já são muitos anos a ver os "peixitos, sardinhas ou lá o que é"

    Os quadros são lindos, Graça!

    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, mz.

      Pois, de facto, eu entendo que deva ser uma «ganda seca», mas se ele não consegue estudar sozinho, tem de continuar a aguentar os peixitos.... :)))

      Eliminar
  13. Um rapaz dessa idade, meu vizinho, que mora num 2º andar, cuja escada tem iluminação natural como na rua durante o dia, cada vez que sobe ou desce, acende as 20 lâmpadas no automático durante 2 minutos. Perguntei-lhe porque o fazia considerando um desperdício sem qualquer utilidade, resposta pronta: "porque estou habituado" E os pais nem se apercebem o que isso representa para o seu futuro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É assim, que se há de fazer?! Mas nós, nessas idades, também tínhamos as nossas "manias parvas".... A adolescência tem muito que se lhe diga...

      Eliminar
  14. Naturalmente, Graça, os meninos não gostam de peixe nem de fava. Claro que depois de crescer irão apreciar e gostar.

    BFS

    ResponderEliminar