terça-feira, 29 de agosto de 2017

Flores resilientes

Claro que já não se lembram daquela minha publicação sobre a resiliência e sobre as minhas flores resilientes. Gosto mesmo dessas flores que, ano após ano, renascem em cada Verão com a vivacidade de quem é muito bem tratado mesmo sem o ser. 

Já as tive amarelas salpicadas, brancas e rosa forte. Mas nos últimos anos só estas últimas têm renascido. E eu cheia de pena por não aparecerem as brancas.

Mais pena ainda senti - ou seria mesmo uma pontinha de inveja? - ao vê-las despontar ali por todo o lado no jardim da urbanização lá em Nerja!




Ainda pensei trazer um pezinho para o transplantar no meu quintal, mas com o calor sufocante que fazia, ao fim de oito horas de viagem, havia de cá chegar sem vida.

Pois não é que uma semana depois de estarmos em casa, ao lado do tufo de flores rosa forte, começaram a despontar as ditas flores brancas?

Podem chamar-me os nomes que quiserem, mas nem imaginam como fiquei contente!






15 comentários:

  1. Valeu a espera. São petúnias não são?
    Adoro estas flores de crescimento fácil.

    Beijinhos Graça

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nomes é que eu não sei, Manu!... Mas são realmente de crescimento rápido.

      Beijinho.

      Eliminar
  2. Tenho em rosa forte mas quero ver-me livre delas e não consigo!!!
    Nasceram num local que não quero...não sei se sabes que quando a planta seca é muito agreste cheia de pequeno picos, ficou toda arranhada...bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah pois não te livras delas tão depressa!!!! eh eh eh por isso lhes chamo resilientes...

      Beijinhos.

      Eliminar
  3. Aqui poucas resistiram à fúria da Natureza, Graça :(
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E nos últimos tempos tem andado bem furiosa infelizmente!

      Beijinho.

      Eliminar
  4. Um flor só precisa água e um pouco amor
    abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Algumas são bem mais exigentes. E, para essas, tenho pena, mas não tenho muito jeito...

      Beijinho.

      Eliminar
  5. As petúnias fazem conjuntos belíssimos, misturando cores que se harmonizam. É uma solanaceae, da mesma família da batateira, pelo que as suas partes verdes são tóxicas... os animais não lhes tocam, mas é necessário lavar as mãos, após o seu manuseamento.
    A melhor forma de cultivo é por sementeira de março a junho... As sementes das floristas são mais confiáveis...
    Encontras na 'net' indicações para cultivo... vais gostar das sugestões das fotos do Google.
    Boa sorte para a tuas floreiras...
    ~~~ Beijinhos floridos ~~~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelas indicações, Majo. O que tu sabes de jardinagem!!! Eu pouco sei; faz-se o que se pode...

      Beijinhos floridos...

      Eliminar
  6. De facto já não lembrava, Graça! Mas fui espreitar e, por conta dos meus comentários e da tua resposta, já soltei uma gargalhada!
    Essa florzinhas, afinal, possuem todas a mesma resiliência e o condão de te fazer feliz. Vês?...:))

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Por vezes, são tão pequeninas as coisas que nos deixam felizes. E infelizes também...

    Beijinho.

    ResponderEliminar
  8. Queriam fazer-lhe a surpresa, está visto. A natureza surpreende-nos com uma lógica que entendemos predeterminada. Será mesmo assim?

    Bj.

    ResponderEliminar