sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Chuva



Caem líquidos os cristais
Humedecem e emudecem as folhas que caem
Urgentes e revoltas no chão.
Vem célere a agonia da vida
Até que volte a sacudir-se de inquietação.


23 comentários:

  1. que a chuva fecunde a inquietação...

    beijo

    ResponderEliminar
  2. que a chuva fecunde a inquietação...

    beijo

    ResponderEliminar
  3. que a chuva fecunde a inquietação...

    beijo

    ResponderEliminar
  4. Palavras simples mas tão verdadeiras e belas!

    Chegou a chuva... estamos no tempo dela... e chegou também a tua vez de receberes o miminho que preparei para ti.

    Em dia de 1º ANIVERSÁRIO, há um SELO para ti nos JARDINS DE AFRODITE.


    Beijinhos e bom fim de semana
    (^^)

    ResponderEliminar

  5. Isto é o que se chama de chuva poética. Para aí chove assim? :))
    Aqui é a cântaros!

    Beijo

    Laura

    ResponderEliminar
  6. Vou já lá buscá-lo, Frô! Muito obrigada.

    Beijinhos e bom aniversário

    ResponderEliminar


  7. Ah!... Neste registo há também muito para dizer.
    Ficarei atenta!


    A chuva vem "atrapamolhar" tudo!

    Um beijo

    ResponderEliminar
  8. Vale que dizem que amanhã já faz Sol... OK, chuva em verso ainda vá, uns pinguinhos de vez em quando também, mas depois do inverno passado fiquei um bocado "alérgica"...

    Beijocas e bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  9. Do texto e da foto gostei, mas detesto chuva e dias cinzentos e curtos!!


    Bons sonhos

    ResponderEliminar
  10. Chuva desta que não molha e consola venha ela...da outra, como a que tem caído agora que não torne tão depressa!

    Abraço

    ResponderEliminar
  11. Estimada Amiga Graça Sampaio,
    Sei que o país está em estado amarelo, devido às fortes chuvas, porém em Bangkok, as chuvas são torrenciais e parte da cidade está inundada, é sempre assim nesta altura do ano, onde 24 das 77 província estão totalmente inundadas.
    Abraço amigo, votos de óptimo fim de semana.

    ResponderEliminar
  12. As chuvas limpam e revestem tudo de vida nova. Gosto, principalmente as mansinhas...
    Abraço

    ResponderEliminar
  13. A primavera, aqui, está bem chuvosa. Mas só de lembrar que, por aqui, deixamos o inverno para trás, dá um sabor especial curtir a chuvinha.
    Bjocas

    ResponderEliminar
  14. Aqui tb chuvisca mas não desta forma tão poética.

    ResponderEliminar
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  16. Se a chuva servir para inspirar a tua veia poética, que venha ela!!
    Bonito.
    Bjs

    ResponderEliminar
  17. Pois que chova, e mais:
    lave e leve a tristeza
    das ruas deste país
    as penas são de mais...

    ResponderEliminar