sexta-feira, 10 de junho de 2016

Opiniões...

Os meus queridos amigos conhecem bem a parábola de O Velho, o Rapaz e o Burro. Claro! Aprendemo-la no ensino primário (privado ou oficial…) e constantemente nos aparece em atos e comportamentos a que vamos assistindo.

Pois vem ela hoje a lume pelo seguinte: as pinturas aqui em casa terminaram – se bem que ainda haja mais obras para acabar, coisa mais ou menos pequena embora e felizmente…

Chegou a filha mais velha e disse «que linda que está a sala! A cor está lindíssima e cinzento clarinho fica aqui muito bem!»

Chegou a mais nova e diz: «Eu não acredito! Então foram pintar a sala de azul?! [Ela detesta azul – como é possível?] E eu: «Mas onde é que isto é azul?!» «Se não é azul, parece! Por amor de Deus!!»

Chega um dos netos – sete anos bem criados e bem decididos – e diz: «Ó avó, afinal a casa está toda igual! Só mudaste a cor das paredes!… [e passando a mão pela parede que é algo rugosa] e ainda por cima, aqui não está muito bem pintado, não está lisinho!»

Ora ainda bem que eu sou suficientemente carneiruda para não pedir opinião a nenhum deles ou delas fazendo o que a mim muito bem me apetece…


19 comentários:

  1. hehehe... E isso é em casa, Graça ! :)...
    Na política, é ainda mais evidente ! Aplica-se, mais tarde ou mais cedo nos partidos que estão no governo !
    A princípio são tudo "Amens" , mas passado algum tempo, há sempre quem diga mal de tudo o que faça porque se faz e de tudo que não se faça porque não se faz e entretanto os governos estão presos por ter cão e presos por não ter ! Há sempre um velho, um rapaz e um burro, aconteça o que acontecer, façam o que fazer !
    Se ainda não chegamos a essa fase, talvez não tarde muito ! :))

    Abraço, Gracinha amiga, o Rui está contigo !

    ResponderEliminar
  2. Uma história que me é muito familiar.
    Eu sou como tu, Graça, a opinião de nenhum deles me interessa.

    E na política procedo na mesma.

    Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora bem!! Assim não temos de que nos queixar... responsabilidade nossa e mais-mada!

      Beijinho.

      Eliminar
  3. Pois. Se ligasse ao que lhe diziam a casa deveria ficar pintada lá para 2050.
    Abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Era isso mesmo! Nunca mais nos entenderíamos! Já não vou nessa|

      Beijinho.

      Eliminar
  4. Ora aqui estão uns diálogos que mereciam gravação. :)

    abraço Graça.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E pôr no YouTube como se usa agora...

      Beijinho, Luís.

      Eliminar
  5. Ah ah ah!
    Eu peço opinião para quase tudo. Os meus filhos, então, dizem-me que não vale a pena dar a sua opinião porque eu faço o que inicialmente pensei. Na minha opinião, não é assim. Considero sempre, ou quase sempre, as suas opiniões! : )) Considero-as, mas nem sempre as sigo, é verdade... : )

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cada cabeça, cada sentença - é mesmo assim, Catarina!

      Eliminar
  6. Pedir opinião ... tem dias.
    Depende da importância das coisas. Quanto mais complicada, mais me afasto das opiniões de terceiros.
    Beijinho, 'prof' :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha, olha, pedir opinião - oh no, not me... Para quê? Só se for para me baralhar mais...

      Beijinho e bom domingo.

      Eliminar
  7. Independentemente da cor!
    É difícil obter consenso nas questões familiares, por isso é que se inventou o voto de qualidade inerente ao desempenho do membro responsável da casa.
    Não bastava a confusão da casa de pernas para o ar ...

    Bom usofruto do "cinzento clarinho", para a Graça e para a família.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E é que foi mesmo cinzento clarinho e está lindo!!!

      Obrigada, Agostinho. Bom domingo.

      Eliminar
  8. Não desvalorize a opinião da filha-mai-velha!

    Ou queria ser levada em ombros?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem pensar! Isto com filhAs é mesmo assim. Mas realmente a opinião da mais velha foi a mais sensata e a mais acertada. (Desta vez...)

      Eliminar
    2. Ufffa!!!
      Julguei que a "miúda" fosse daltónica
      afinal a parede é mesmo num cinzento clarinho
      e está mesmo um miminho

      Eliminar
  9. Eh, eh, afinal alguma acertou na cor da sala?

    Peço opinião às filhotas, mas confesso que algumas das vezes apenas vence a minha.

    Beijinho Graça.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A mais velha acertou - desta vez, claro!
      Eu, né?! Pedir opinião?! JAMÉ....

      Beijinhos, Flor!

      Eliminar