terça-feira, 25 de agosto de 2015

Quem se lembra?

Faz hoje precisamente 27 anos. 







Foi mau de mais.

21 comentários:

  1. Conheço alguém que nunca esquecerá esse dia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu nunca esquecerei esse dia! Fartei-me de chorar...

      Eliminar
  2. Gracinhamiga

    Então, não me havia de lembrar? Fiz parte das equipas de reportagem do Diário de Notícias especialmente as que tinham sido destacadas para a Rua do Crucifixo, porque ali morava a minha Mãe num lar que ainda lá está.

    Quando as senhoras saíam do edifício. a Dona Glória Prata Antunes por casamento Ferreira lamentava-se: "Ai o meu canário, ai o meu canário!!!..." Era um pequeno pássaro que cantava todo o dia e que, curiosamente, se safou das chamas, mas não se safou da gaiola.

    Por isso escrevi uma crónica intitulada Ai o meu canário.... Era então Chefe de redacção Adjunto, por isso, além de coordenar a reportagem tive direito a... crónica.

    Bjs da Kel e qjs do Leãozão (amanhã é que vão se elas...)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que susto para quem por ali morava!
      E o pobre do canário... Sabe que nestas desgraças, lembro-me muito e lamento muito pelos animais - é que não há quem se lembre ou quem cuide deles.

      O Leão esta noite é que também de foi abaixo. E de que maneira!...

      Beijinhos leoninos, malgré tout....

      Eliminar
  3. A pergunta título deveria ser :

    "Quem pode esquecer?"

    ResponderEliminar
  4. Estou de acordo: quem pode esquecer?

    Beijocas

    ResponderEliminar
  5. Quem é esquece, é mais essa a pergunta.
    Que horror!!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Lembro-me muito bem daqele horror , o susto e o desgosto...Quando ia a Lisboa , naquele tempo muitas vezes , era lugar que visitava sempre.
    M.A.A.

    ResponderEliminar
  7. Lembro-me muito bem! É, aliás, algo que não se esquece. :(

    ResponderEliminar
  8. Estava a acampar no Gerês e, por isso, sem acesso à T.V. À saída do Parque um pequeno rádio dava a notícia... Era quase impossível acreditar.

    ResponderEliminar
  9. Acompanhei as notícias... Incrédula.

    ResponderEliminar
  10. Vi arder muita coisa ! A Valentim de Carvalho, os Grandes Armazéns do Grandella, a Pastelaria Ferrari !.... :(((


    ResponderEliminar
  11. ~~~
    ~ Já 27 anos! Como passa o tempo!
    ~ Como tu, acompanhei as notícias com muita emoção...
    Lugares que tanto frequentámos: faziam e fazem parte do conceito
    que temos de «baixa de Lisboa», ou seja, centro histórico.

    ~ Uma destruição assustadora...

    ~~~~~~~~ Beijinhos. ~~~~~~~~
    ~ ~ ~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso mesmo, Majo!! Uma emoção indescritível e inesquecível.

      Beijinho.

      Eliminar
  12. E o arquitecto Álvaro Siza fez um bom plano de reabilitação.

    ResponderEliminar