terça-feira, 9 de outubro de 2012

O custo de uma viagem de núpcias





Partimos no dia 9, sábado, depois do copo de água na Estalagem de Leiria, diretos à nossa casa em Sintra onde passámos a primeira noite. A viagem de núpcias estava combinado que seria uma volta pela costa alentejana e pelo Algarve que mal conhecíamos. 





 Domingo de manhã, volta saloia – até porque não havia outra! – diretos à Ericeira onde nos conhecêramos cinco anos antes. O almoço na Parreirinha foi dos mais caros: 100$00! Depois de visitarmos o “nosso” Parque de Santa Marta, seguimos pela costa até Sines onde ficámos numa bela “suite” numa residencial onde pagámos 231$00 …


Ericeira

 Costa alentejana abaixo, lembramos o delicioso arroz de pato no Tarro em Odemira. Que linda vila de Odemira! E mais linda ainda a encantadora praia de Vila Nova de Mil Fontes! Início dos anos 70, praia sossegada e sem os prédios e a enorme confusão que é atualmente. Foi das paisagens mais lindas que vimos naquela semana! A costa vicentina ampla, plana e deserta.

Vila Nova de Milfontes (imagem roubada do Rui da Fonte...)

Sagres ventosa e nublada com a falésia fustigada por ondas furiosas. Ficámos numa residencial linda sobre o mar onde pagámos 147$00! Ai o tempo! Como poderemos nós ir experimentar o delicioso mar do sul?

Sagres
Lagos! Tão lindo, tão pequenino, com aquelas ruelas tão antigas! A Meia Praia ampla e com aquele mar azul parado. A amorosa Praia D. Ana.

 

O ponto alto da nossa viagem: ficar no hotel D. João II da Torralta no Alvor. Na época era do melhor e do mais moderno do pouco que havia. Foi onde pagámos mais pela dormida e pelo pequeno-almoço: 345$00… 

Hotel D. João II, Torralta

No dia seguinte banhos formidáveis na Praia da Rocha, Armação de Pera, Albufeira ... até Faro. Ficámos no Hotel Eva – 240$00.

Hotel Eva, Faro

Depois a ponta do sotavento: a então belíssima Monte Gordo onde ficámos e a quase selvagem Praia Verde com os pinheirinhos até ao areal.

Praia Verde
 
Conhecida a costa algarvia, rumámos a Beja onde dormimos por apenas 145$00. Passámos a Évora onde  almoçámos e onde tivemos de ir ao médico porque o noivo estava com uma dor nas costas….

Por fim regressámos a Sintra onde, antes de irmos para casa, passei pela sapataria e comprei umas botas de cano alto de camurça castanha – as primeiras que tive porque os meus pais nunca me tinham deixado usar botas altas…

A despesa da viagem que durou uma semana, com tudo incluído: hotéis, almoços, jantares, gasolina e a consulta do médico ficou em 3 375$50…. Foi há quarenta e um anos.

25 comentários:

  1. Ah! Graça! Essa é uma hora da saudade que sempre vale a pena! Felicidades pelos 41 anos recordados e bem vividos!
    Bjs aos "noivos".
    Célia.

    ResponderEliminar
  2. Felicidades aos noivos e muitas outras luas de mel.
    Beijinhos prós dois.

    ResponderEliminar
  3. Excelente amiga!
    Muitos parabéns e felicidades para os dois,que muitas mais possam fazer juntos!

    Mas digo-te uma coisa tiveste uma lua de mel bem à maneira, eu yenho 55 anitos já fiz 39 de casada, casei em 1973, a minha lua de mel foi em casa, a cozinha dos meus sogros pegadinha ao meu quarto e eles nessa noite não tinham sono.
    Recebi apenas 600$00 de visita e era muito dinheiro na altura,mas não havia para fazer lua de mel fora, isso era impensável.

    Beijinho e umsa flor

    ResponderEliminar
  4. Estimada Amiga Graça Sampaio,
    Belas recordações. 3 375$50 à 41 anos era dinheiro, 1971, já eu me encontrava em Macau fazia 11 anos, o meu vencimento nessa altura era de 3 500$00 escudos, porém na minha noite de núpcias passada em Hong Kong no ano de 1968, me ficou bem muito mais cara e pouco ou nada vi, era assim nesse longínquo tempo, tive somente um dia de licença de casamento, no dia seguinte lá estava eu de novo sentado na seretária dos serviços de contabilidade dos Serviços de Marinha.
    Conheço todos os locais onde andou em sua Lua de mel, e o Hotel Eva em Faro já lá fiquei por diversas vezes.
    Abraço amigo

    ResponderEliminar
  5. Parabéns!
    "Recordar é viver, com certeza; "doces lembranças, e não é pra qualquer um¨*
    beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Isso não foi uma lua de mel, foram várias.
    :)

    Parabéns "aos noivos".

    ResponderEliminar
  7. Sinceramente fiquei impressionada com a precisão da contabilidade,mas
    gostava de conhecer o diagnóstico e recomendações do médico sobre as dores das costas do NOIVO!Hum!!!
    Kinkas

    ResponderEliminar
  8. Vai ser um coment´´ario muito mal escrito ...a minha neta esteve c´´a , tocou piano no computador e o tecnico so vem compor no fim de semana...nada de acentos....
    Pois como aqui ja disse , casamos com diferença de 15 dias e guardo o dossier com todas as faturas e o nosso percurso foi id^^entico....Casei em Coimbra e o Grande Hotel da Figueira da Foz levou-nos 336$50.Almoço na pens~~ao Rosa , S. Pedro de Moel 73$50.Um jantar no Parque dos mariscos na Ericeira 125$00.
    H. Turismo da Ericeira 261$40.H.Infante Santo , Lisboa,jantar62$40 e dormir e peq. almoço 335$90Seria maçador falar do Portinho da Arr´´abida , Sines, Sagres e H.D. Jo~~ao II onde por jantar,dormir em suite e peq. almoço 692$50....Seguimos para Armaç~~ao de Pera,Tavira ( Olive Tree Country Club), jantar e dormir e olhados de soslaio por sermos os unicos portugueses e eu de saia nao mini mas quase...417$20. Daqui seguimos para Huelva , Sevilha( 344 pesetas), mas o jantar no " Los Tres Reis" 282 pesetas.... Seguimos para Beja, Evora, Castelo Branco, Caceres, Salamanca( G.Hotel 425 pesetas),Zamora , 380 pesetas s´´o por almoçar e casa.....Foram 10 dias...Um abraço e muitos anos de vida com saude.Nunca fiz a soma...faltam as ´´aguas os cafes etc.M.A.A.

    ResponderEliminar
  9. Bem, na altura não havia o Vitor Gaspar, mas pela descrição minuciosa que faz das contas da lua de mel, deve ter por aí um arquivo invejável.
    O que significa que as faturas eram mesmo passadas e o respetivo imposto pago. Ora bem, nessa altura, já estava em vigor a primeira grande reforma fiscal. O imposto que as empresa pagavam sobre os seus lucros chama-se a "Contribuição Industrial", hoje o IRC.

    Mas, indo ao assunto que nos traz aqui hoje. Muitos parabéns por mais este aniversário tão marcante na vida da maior parte dos casais dessa época. Hoje já não é assim ...

    Bem, e que dizer da reportagem? Uma obra-prima!

    Beijinho

    ResponderEliminar
  10. Parabéns pelos 41 anos...e pela memória!!!

    Porque teria o noivo dor nas costas????

    Beijinhos, rrrsss

    ResponderEliminar
  11. Memórias que o tempo não apagou.

    3.375$50 ... era muito dinheiro para a época.

    Abraço

    ResponderEliminar
  12. Que lua de mel baratinha, por cerca de 17 euros... :)))

    Mas pronto, há 41 anos os preços eram outros... :D

    Parabéns então pelo 41º aniversário, que presumo tenha sido ontem! E que venham muitos mais, com amor, saúde e alegria! :)

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  13. Muito obrigada a todos pela vossa simpatia, uma vez mais.

    Foi realmente uma lua de mel bem boa. E só nos demos a estas despesas porque recebemos onze contos de prendas (de "visitas" como e diz aqui em Leiria) senão, teríamos de reduzir os dias ou poupar nos hotéis que à época eram muito caros.

    Querida Flor, que raio de noite de núpcias ao lado dos sogros... Tempos difíceis aqueles! Mais do que os atuais apesar de tudo.

    A minha amiga M.A.A. quase andou atrás de nós... Que giro! Só não fomos para Espanha. E gastou mais que nós...

    Quanto às dores das costas do noivo...não foi nada disso que pensaram! Foram muitos banhos de mar, muito calor, muita condução Alentejo abaixo, Alentejo acima em troco nu... e depois, pumba! Uma pontada de ar nas costas! Porém, homem fica apavorado com qualquer dorzinha...

    Beijinhos para todos

    ResponderEliminar
  14. Hoje vi o teu marido e ele disse que não estavas bem. Então, foste abaixo com as comemorações da efeméride? Isso nem parece teu...
    Estou a brincar e tu doente.:) Desejo que te recomponhas rapidamente.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  15. Amiga G. Sampaio , ´´e verdade , o calor que fez nesse m^^es de Outubro...E no sul de Espanha , Sevilha e Alentejo?....
    A minha viagem foi com " pompa" pois as "visitas " foram muitas e ´´optimas e eu j´´a trabalhava h´´a 4 anos. Lembro-me que s´´o a minha av´´o Paterna, a minha querida Francisca , deu-me 20 contos...Est´´a justificado.Sa´´ude . M.A.A.

    ResponderEliminar
  16. Querida amiga,

    Meu silencio tem sido longo.

    Mas não tem sido por esquecimento, mas sim por conta dos acontecimentos do dia a dia.

    Quero muito agradecer a sua presença amiga lá no meu cantinho, a qual trás muita alegria para o meu coração.

    Que Deus a abençoe, e realize todos os seus sonhos e projetos.

    Uma linda semana para você coberta de muita paz e Amor!

    Abraço Amigo

    Maria Alice

    ResponderEliminar
  17. Ó Isabel, foi só uma das minhas crises de colite... nada a ver com as "comemorações".... 'brigada!

    Pois, querida M.A.A. tiveste umas boas "visitas".... Eu também já trabalhava mas era em colégios porque ainda estava na Faculdade e dava tantas explicações que tinha um dinheirinho bem bom...

    Obrigada, Mª Alice pela sua visita!

    ResponderEliminar
  18. "Recordar é viver" e a Graça que bem que recorda!

    ResponderEliminar
  19. Mas que bela viagem de núpcias, Graça ! :)) ... Foi de "arromba" para a época ! eheh
    A minha foi uns anos antes ! Juntamos dinheiro, tivemos prendas (visitas), fomos para a capital de carro e daí fizemos umas pequenas fugazinhas para as redondezas !
    Quando regressamos ainda tínhamos 100 § para começar uma vida de casados, com casa alugada e ainda meio mobilada ! Eram tempos duros ! :)))
    .

    ResponderEliminar
  20. Parabéns pelos 41 anos!
    Seria bom se pudessemos ter os ordenados de agora, e os preços fossem os de há 41 anos atrás :)
    um beijinho
    Gábi

    ResponderEliminar
  21. Não faço a mínima ideia do que gastámos mas do que gostámos lembro-me bem!
    Antes de partirmos para o Algarve ainda tive reuniões de notas no dia 17 de dezembro,em Setúbal, onde estava colocada...não lembra ao diabo mas naquela altura professores provisórios não tinham direito a nada.
    O noivo esperou o dia inteiro por mim porque fizeram-me o favor de colocar as reuniões todas no mesmo dia, o que já foi muito bom!
    Também fomos pela costa alentejana abaixo, andámos por esses sítios...só que como era dezembro não dava para irmos ao banho!
    No entanto havia estrangeiros a mergulhar na Praia da Rocha! :-))
    Parabéns atrasados!

    Abraço

    ResponderEliminar
  22. Parabéns aos noivos, muitas felicidades e obrigado pelo magnífico passeio que nos proporcionou, Graça
    Beijinho

    ResponderEliminar
  23. Obrigada Risinha, Carlos, Gabi.

    Rosinha, tu ainda eras professora provisória mas eu nem isso: estava no colégio e só ganhava as aulas que dava. Faltei, não ganhei! Até os dois dias em que faltei quando o meu pai morreu me foram descontados... Aos professores de agora nem lhes passa pela cabeça!

    ResponderEliminar
  24. Amiga achei um encanto esta tua descrição, principalmente pela tua excelente memória e pelo humor nela subjacente :)
    Isto da dor nas costas :))
    Curiosamente passaste por sítios também "meus", Vila Nova de Milfontes, Lagos e Sagres , onde tenho casa e passo férias todos os anos.
    ADOREI! Muitas e muitas mais luas de mel juntos.

    beijinhos

    ResponderEliminar