terça-feira, 11 de setembro de 2012

O nosso Gorki


O nosso Gorki, o nosso gatão fofo, depois de tantas viagens semanais que fez com a dona ( minha filha mais nova) durante anos daqui para o Barreiro e do Barreiro para Leiria, depois de ir de férias para o Algarve e vir do Algarve para cá no meu colo, depois de, depois de, depois de... hoje teve de fazer a sua viagem final. Teve de ser posto a dormir. Doente. Muito doente de há uns dias para cá.



Uma tristeza muito grande, sabem?

17 comentários:

  1. tao lindo

    tem uma cara de pachorrento hehe

    Bjinhos
    Paula

    ResponderEliminar
  2. Lamento muito, Graça ! Estes bichinhos acabam por fazer parte da família ! :(((
    :

    ResponderEliminar
  3. O nosso Buzz (igualzinho a esse) também está por pouco...
    :(

    ResponderEliminar
  4. Acredito. Ter animais de estimação tem também esta faceta que é a dor de os ver partir.

    ResponderEliminar
  5. Coitado do Gorki! :-((
    Era um gato lindo!

    Abraço

    ResponderEliminar
  6. Estimada Amiga Graça Sampaio,
    É sempre com tristeza que vimos partir todos aqueles que mais amamos.
    Um animal doméstico é como se umfamiliar e é sempre com tristeza que os vemos partir. Ficou a dormir eternamente, sem mais sifrer, mas ficará no seu coração para sempre, fala a experiência.
    Abraço amigo

    ResponderEliminar
  7. Lamento! É este o lado mau de termos animais a quem nos afeiçoamos tanto.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  8. São aqueles que podemos contar sempre, e que nada pedem em troca.
    Quando partem, é sempre uma grande falta.
    Vejo-os partir cães e gatos, desde que me conheço, ainda não me habituei.
    A cura é já ir arranjar outro!

    ResponderEliminar
  9. É menos um amigo , daqueles que nos fazem companhia sem nada pedir em troca...eu nem quero pensar no dia em que isso acontecer com a minha Mimi. M.A.A.

    ResponderEliminar
  10. AMIGA LAMENTO TANTO!
    Compreendo-a tão bem...um abraço muito apertado e solidário.


    beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Lamento muito, estes amiguinhos deixam a maior saudade ao partir. Nos dão tanto carinho, oferecem o conforto da sua companhia e não nos pedem nada em troca. Sinto muito mesmo a partida do Gorki.
    Beijos

    ResponderEliminar
  12. Sei muito bem o que isso significa, Graça. Já sofri tanto por causa dos animais!
    Um beijinho solidário

    ResponderEliminar
  13. Nunca perdi um gato mas já perdi um cão que foi atropelado à minha porta sem apelo nem agravo (culpa dele que ladrava a tudo o que mexia com rodas).

    Agora que tenho tantos gatos tenho que me preparar para tudo.

    Dói, eu sei que dói messssssmo mas ainda dói mais vê-los sofrer, né amiga?

    Beijos solidários



    ResponderEliminar
  14. Obrigada, queridos amigos. Já perdi tantos, mas nunca me habituo...

    Beijinhos g(r)atos.

    ResponderEliminar
  15. Sei pois, é horrivél, perdi a minha Tita há um ano, como custa! que falta nos fazem...
    Bjs

    ResponderEliminar