terça-feira, 19 de abril de 2011

Perdigão perdeu a pena...






«Perdigão perdeu a pena»
Era falso o seu voar.
Levou muitos à arena
Para o verem pavonear.


«Perdigão perdeu a pena»
Por tanto assim correr.
À procura da capoeira
De outro milho pra comer.


Logo ficou depenado
Ainda mal era de dia.
Que tinha as penas desapegadas
Isso é que ninguém sabia!


«Perdigão perdeu a pena»
Na corrida para o poleiro
E também, ave exótica,
Despiu a “pele de cordeiro”


Vejam lá que o passarão
Iludiu com o nome Nobre.
Perdigão não é cordeiro:
Outra pele agora o cobre…!

9 comentários:

  1. Que criatividade tão nobre! :-))
    Eu só pasmo é com quem se iludiu com este seu ar de sonso...

    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Mas que oportuno!!! lol

    Vota nas salsichas:)

    ResponderEliminar
  3. Se tivesse alinhado pelas listas do PS era mais Nobre e menos hipócrita? Quem sabe?!...
    Basílio Horta está por Leiria, no PS, tendo começado pelo CDS. Desde que ambos façam o melhor possível por todos nós, não vejo qual seja o problema e não virá ao mundo, bem pelo contrário.
    Nobre já apoiou Fernando Nogueira (PSD), Durão Barroso (PSD), Mário Soares (PS), Jorge Sampaio (PS) e Miguel Portas (BE). Opções multifacetadas, para um homem que arrisca dar o seu apoio àqueles que, em dado momento, melhor se apresentam como representantes dos seus ideais.
    Freitas do Amaral, oriundo do CDS, já foi ministro de um governo PS e fez um bom trabalho, até h´´a bem pouco tempo (2008).
    Sousa Franco, que foi militante do CDS e presidente do PSD, passou para o Partido Socialista e fez um bom trabalho. Faleceu, infelizmente e foi uma pena, quer em termos humanos quer políticos. A sua competência faz muita falta por cá.
    Basílio Horta, oriundo do CDS, integra agora as listas do PS por Leiria.
    Foi o próprio Mário Soares que disse, em tempos, ser próprio dos homens a mudança.
    O que interessa, verdadeiramente, é que cada um faça o seu melhor pelo País, seja em que listas for. Honestamente, não entendo a histeria à volta da opção de Nobre e até acho que o homem, eventualmente, nem merece tanta atenção.
    É apenas um Homem: vê, ouve, sente, adapta-se e opta. Eventualmente, opta mal. Vocês, mulheres, compreendem isso melhor que ninguém (eh eh). Mas errar é próprio do Homem!
    Irritam-me muito mais aqueles que nunca optam e nunca arriscam, que se escondem e só criticam. Isto, já para não falar daqueles que até se recusam a ouvir e dialogar, receber ou ser recebido (if you know what I mean).

    ResponderEliminar
  4. Parágrafo 2 - "não virá mal ao mundo"

    ResponderEliminar
  5. Querida Carol, olha que bem se aplica! ;)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Em cheio!

    E não me venham com tretas (pseudo)defensivas que em nada servem o bom senso e a cidadania.

    Nobre mostrou que está a mais.

    ResponderEliminar
  7. Um poema cheio de criatividade. Para cantar...
    Beijos e Boa Páscoa.

    ResponderEliminar
  8. Só que o Nobre jurou a pés juntos à Judite de Sousa (que agora também se bandeou para a TVI...) que nunca iria por nenhum partido... Um bocado para o mentiroso,não?!... Por acaso o Dr. Freitas do Amaral também me surpreendeu um bom bocado quando se juntou ao ministério do J. Sócrates, se bem que... depois de ter sido traído pelo Cavaco quando perdeu as eleições para o M. Soares...
    Enfim... isto da política é uma grande ... porcaria...
    Mas Nobre, para mim, também é mais salsichas...

    Quanto à Fénix... não a tenho visto aqui pelo Alvor... E onde é que o menino Rui tem andado?

    ResponderEliminar