sexta-feira, 7 de julho de 2017

Uma rapariga muito volátil...

(Imagem do filme "Ligações Perigosas")


A menina tinha sido educada nos preceitos da Santa Madre Igreja.

Vemo-la, adolescente quase adulta, no confessionário dizendo ao senhor padre:

- Ai, padre, perdão! Sou tão volátil, tão volátil, mas tão volátil!

O padre, confuso, sem perceber o que ela queria dizer, pergunta-lhe:

- Minha filha, volátil como? Explique-me.

E aí a menina confessou que tinha um namorado, mas que era tão volátil, tão volátil, que assim que via outro rapaz bonito e bem apresentado, não resistia a beijá-lo a abraçá-lo e assim… mas gostava muito do namorado.

- Minha filha – diz o padre – não és “volátil”, tu queres dizer que és “volúvel”…

- É isso, padre! Sou muito volúvel, mas prometo que não vai voltar a acontecer!

O pior é que, na semana seguinte, lá se apresentou a moça no confessionário dizendo que era muito “volátil” e que tinha voltado a pecar com mais dois ou três rapazes lindos que tinha conhecido.

O padre de novo a recriminou, não sem antes repetir que não era “volátil”, mas “volúvel”.

- Sim, padre. Volúvel! Muito volúvel!!

Passados uns dias, quando a jovem apareceu perante o padre, antes que ela abrisse a boca, o padre falou exaltado:

- Não me diga que voltou a acontecer!

- Padre, perdão! Foi agora mesmo à entrada da igreja: vi um rapaz lindo e não resisti! Tive de o beijar! Eu já lhe tinha dito que sou muito volátil! Muito volátil...

E o padre, esquecendo-se por momentos dos seus hábitos e da sua função, quase gritou:

- Não é volátil, não! É muito put@! Muito put@! 


18 comentários:

  1. O padre é, afinal, humano… : ))))

    ResponderEliminar
  2. Até às almas mais encardidas é conferido o perdão. O padre, modesto como mandam os cânones, quis apenas mostrar que aprendera latim.
    BFS.

    ResponderEliminar
  3. Já esperava um desfecho destes!
    É tudo uma questão de vocabulário... :)

    Beijinhos estáveis
    (^^)

    ResponderEliminar
  4. Pois é... há quem não tenha revisto o seu vocabulário e não saiba os vários significados de "moderna"...

    ResponderEliminar
  5. Ufa! Que penitência a do padre, hein!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  6. Não tenho qualquer religião, mas há coisas que não se devem contar, nem aos padres 😛

    Bom fim de semana querida, um beijinho.

    ResponderEliminar