quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Que me dizem?

O que me dizem de ter passado o primeiro dia de outono a tratar disto?



No fim de muito descasca, coze, esmaga, faz ponto de pérola e mistura, mistura, mistura...
deu isto.


Uma autêntica «formiga» a «arrecadar» para o Inverno...

Ui o que aquele ex ministro haveria de gostar!!!



32 comentários:

  1. Muito bem. Acredita que nunca fiz marmelada? Doces sim. De abóbora, de pêra, melão maçã, courgette, tomate, etc. Sempre para oferecer à família, que cá em casa não se comem doces. Eu não aprecio, e o marido é diabético.
    Dizem que a marmelada, é muito boa para problemas de fígado. Ouvi muitas vezes às pessoas antigas, mas não sei se tem alguma base científica.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cá em casa toda a gente gosta muito! Só que dá muito mais trabalho do que os doces normais...

      Beijinhos doces

      Eliminar
  2. ~~~
    ~ A tua linda marmelada está com aspecto muito apetitoso...
    ~ As crianças vão adorar...
    ~ Há que aproveitar bem este lindos dias...

    ~ Quanto ao trapalhão do Passos, não profere nada que preste...
    ~ Se em sua casa é formiga, para o país foi além de 'cigarrão',
    um vendilhão de mãos largas...
    O tal que tirou aos pobres para entregar aos ricos, sem reservas.
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ~~~ Beijinhos. ~~~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas o povão parece que gosta - a avaliar pelas belas sondagens...

      Eliminar
  3. Que boas lembranças, passar a tarde a fazer compotas e marmelada!
    É tão dificil descascar e partir os marmelos, lembro-me de ajudar e de me doerem as mãos! E o cheirinho a compota espalhado pela casa? Que bom.
    beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É o que dá mais trabalho é mesmo descascá-los: as mãos ficam bem massacradas. Mas vale bem a pena!

      Eliminar
  4. Ainda não fiz a minha marmelada. Tenho poucos marmelos maduros Talvez para a semana. Os netos gostam e os filhos também e há tb. os amigos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os meus também - todos!! E isto é um ritual cá em casa...

      Eliminar
  5. Oh que maravilha!! A minha mãe fazia marmelada e doce de tomate muito bem! Eu nunca aprendi. Tenho uma amiga que faz compotas de qualquer fruta. Tenho que aprender e criar doses de paciência.
    Que menina prendada!
    Bjos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Posso dar a receita. Quanto à receita para a paciência é que é mais difícil!

      Eliminar
    2. Olha... acabei por fazer doce de tomate e pêssego este fim de semana!!! Pela primeira vez! Fiquei entusiasmada com tantos recipientes de compota que vi aqui. : )) Provei a minha várias vezes para ter a certeza que estava a sair bem. Nem sei os bocadinhos de pão que comi hoje com doce! Não me admiraria nada se todos juntos formassem um pão inteiro! : )

      Eliminar
  6. Ando há dias a dizer que este ano não faço, pois ainda há tigelas do ano passado, tão dura já que ninguém a quer. Mas, agora ao ver esta, acho sempre farei um pouquinho. :)

    Beijo

    ResponderEliminar
  7. Parece deliciosa :)
    Lembro-me da minha avó fazer e de como cheirava bem.

    ResponderEliminar
  8. Parece deliciosa :)
    Lembro-me da minha avó fazer e de como cheirava bem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se quiseres, ensino - não é difícil; só dá um bocadinho de trabalho...

      Eliminar
  9. Maravilha Graça, sabes tens visto como eu gosto de fazer destas coisas, este ano já fiz marmelada, mas com marmelos que congelei o ano passado! Já não vou conseguir fazer nada mais antes da operação e depois, não sei como ficarei.

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  10. Ui, Graça...Com esse espírito de arrecadar no Verão/Outono para consumir no rigoroso Inverno, ainda corres o risco de, no próximo 10 de Junho, seres condecorada com a Grande Cruz da Ordem das Formiguinhas Laboriosas!!

    Brincadeiras aparte, essa marmelada tem uma cor linda, vê-se que foi toda cozida sem casca, se não estaria mais avermelhada.

    Os meus diabetes proporcionam-me uma boa desculpar para fugir a essas fadigas!
    Este ano há tantos marmelos que talvez faça um bocadinho e com os caroços e as cascas farei um pouco de geleia...abriste-me o apetite!

    Beijinhos com água na boca!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Faz pouca - olha lá a diabetes!!

      Beijinhos doces

      Eliminar
  11. Não chegou nem uma taçinha aqui a Macau.... :)))
    Beijinhos, bfds

    ResponderEliminar
  12. Coisas do Outono para consumir no Inverno. E que bom aspeto tem!...

    ResponderEliminar
  13. Deve estar deliciosa, a marmelada, Graça.
    Quanto ao ministro laborioso... não digo...
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  14. Que trabalheira...só de ver fico cansada...manda-me um pouco da sua genica ?
    Adoro as cestas , sobretudo a " Louis Vuiton" portuguesa.
    M.A.A.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De mais!!! Gostei dessa da "Louis Vuiton" portuguesa.... eh eh eh...

      Eliminar
  15. Gracinhamiga

    De marmelada e outras doçuras estamos conversados; pelas imagens podes maridar-me pelos CTT/privatizados uns exemplares só para provar; que se lixe a diabetes!!!

    Quanto ao Macedo (parece ser...) é uma formiga trabalhadeira; o pior é que tem ido umas vezes à DIAP... Ai Macedo hahaha

    Bjs da Raquel e qjs do Leãozão

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas nada de mal lhe irá acontecer, Henriquamigo! Está protegido por pertencer à área do Padrinho....

      Eliminar
  16. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
  17. Marmelada para dar e vender, Graça. Trabalheira gratificante e honesta.
    O mesmo não posso dizer do tal que formigava de forma clandestina.

    Boa semana.

    ResponderEliminar
  18. Mas que série de posts tão doces ( ex-ministro à parte), à medida que venho fazendo "scroll" para baixo. :)

    ResponderEliminar