quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Summer's gone!



Gosto, sempre gostei  muito, da voz e das canções de Paul Anka, aquele extraordinário cantautor canadiano que apareceu nos anos 50 encantando todos quanto o ouviam naquela forma romântica de cantar.

Continuei , ao longo das anos, a ouvir e a trautear muitas das suas belas canções e, todos os anos, no fim do verão - época do ano que sempre me custa a passar - vem-me à cabeça a sua interpretação de "Summer's gone" de 1960, que deixo aqui para ouvirem e apreciarem a letra, se for caso disso.



  



Summer's gone and no songbirds are singing
Because you're gone, gone from my arms
Gone from my lips but you're still in my heart

What to do? Oh, I'm left here just crying
Over you, oh, I'm so blue
What can I do now that you're gone?

The days, they prolong now that you're gone
My nights, they leave me blue (you're so blue)
I don't know why there are tears in my eyes
Can it be that I'm still in love with you?

Summer's gone and no songbirds are singing
Because you're gone, gone from my arms
Gone from my lips but you're still in my heart!


Também poderão gostar de relembrar outra cançãozinha que canta o  fim de verão, do ano de 1968, que nos representou na Festival da Eurovisão desse ano contra todos os "velhos do Restelo" que preferiam aquelas canções superlamechas com que concorreramos nos anos anteriores.  No fim, e pela primeira vez nas nossas (tristes) participações no dito festival, arrancámos quatro belos pontos que bem deixaram os ditos velhos de cara à banda.

Lembram-se?




Como tudo o que acaba,
Como pedra rolando duma fraga,
Como fumo subindo no ar;
Assim estou quase indiferente,
Caminhando sem mais notar a gente,
Que por mim vejo passar!

O verão já terminou,
Uô, Uô, Uô
Foi um sonho que findou
Uô, Uô, Uô
Não interessa mais pensar!

Assim deixo esta tristeza
Vogando embalado na certeza,
Que o verão há-de voltar!
E o verão que sonho perto,
Vai trazer para mim eu sei de certo,
Aquilo que este agora veio tirar!

12 comentários:

  1. Acho que é impossível passar ao lado do que é aqui recordado. Paul Anka = DIANA... You are my destiny... Times of Your Life

    ResponderEliminar
  2. Carol:lembras-te dos chats Sauvages?Quand vient la fin de l'étè...

    ResponderEliminar
  3. Paul Anka tinha um maravilhoso repertório e uma voz que nos entrava pelo coração!
    Quanto ao Verão do Carlos Mendes fez mesmo história!

    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Também estão entre as vozes que mais aprecio.
    Foi bom vir até aqui e recordar velhos tempo, que sempre estão aí.
    Um grande abraço

    ResponderEliminar
  5. Ele volta...E o tempo até tem estado bom:)

    ResponderEliminar
  6. Como Carlos Mendes evoluiu desde aquele Verão, Carol!
    Paul Anka já não é propriamente do meu tempo, mas ainda apanhei com alguns estilhaços...
    Pois somos do mesmo tempo, somos...

    ResponderEliminar
  7. Obrigada! A cada passeio por aqui revivo parte da minha adolescência... Ouvir e dançar de rostinho colado! Ulálá!!! Bom também!
    [ ] Célia.

    ResponderEliminar
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  9. Perdi a pista a Paul Anka.

    O que será feito dele?
    -
    O Carlos Mendes ainda há dias o vi na TV, com o Fernando Tordo e o Paulo Carvalho. O Herman José encarregou-se de os juntar no programa dele na RTP, foi um serão agradabilíssimo.

    Beijinho
    António

    Beijinho

    ResponderEliminar
  10. M., querida, o verão volta - acho que ele só agora é que despertou. O agosto é que foi outonal...

    Estou a ver que gostaram de (re)viver estas memórias... Dançar encostadinho, etc. etc.

    Claro que me lembro dos Chats Sauvages e da Françoise Hardy e da Sylvie Vartan e do Johnny Haliday.... como podia não me lembrar? Era (e ainda sou) louca por música!

    Pois foi, António. O Carlos Mendes, o Tordo e o Paulo de Carvalho - Só Nós Três: muito bom.

    Beijinhos para todos.

    ResponderEliminar
  11. Oi, eu gostei da voz desse cantor e queria saber se ainda é vivo, não o conheço, já ouvi falar muito do Elvis Presley, é da mesma época??
    Eu também adoro música...e gosto muito das canções portuguesas .
    Te envio muitos beijos do Brasil, aqui estamos na era do Rock in roll, Rio de Janeiro. Mery*

    ResponderEliminar