quinta-feira, 11 de agosto de 2011

London's burning





E, a propósito, lembrei-me daquela musiquinha - a nursery song - que se ensina às crianças e que diz assim:

London’s burning, London’s burning!
Fetch the engine, fetch the engine!
Fire, fire! Fire, fire!
Pour on water, pour on water!

E depois lembrei-me da canção dos The Clash (1979) que foi assim:




E, a seguir, lembrei-me desta canção de Sérgio Godinho (1997) que pode vir a ser assim:

Cuidado!
Atenção!
É proibido fazer lume
risco de explosão
Cuidado!
Atenção!
É proibido fazer lume
risco de explosão!





5 comentários:

  1. Querida Carol, todas se aplicam à actualidade, sendo que a dos Clash, é bem do meu tempo...

    ResponderEliminar
  2. Nós somos diferentes e não iremos arder... Quanto muito seremos cozidos... em lume brando.
    :(

    ResponderEliminar
  3. O lume está a ficar cada vez mais forte, Rui Pascoal!
    Já há gente a não aguentar...

    Abraço Carol

    ResponderEliminar
  4. espero que as cinzas sirvam de fertiizante apra algo melhor

    Bjinhos
    Paula

    ResponderEliminar
  5. Estou em concordar com o Rui, porém...

    ResponderEliminar